28 de agosto de 2007

Caminhos


Por onde ainda me levarão esses meus pés cansados?
Por quais caminhos andarei?
Há tanto tempo sobre eles , sempre andando por aí...
Já andamos em terras firmes, e muitas vezes perdemos o equilíbrio,
... marcas, torções, distenções, cortes e rachaduras...
As vezes olho para eles e tento me lembrar de como eram antes de aprender a andar,
quando ainda flutuavam nos braços de alguém ,
quando a terra era algo distante e proibido ,
quando a insegurança tinha amparo
e pra dor havia cura...
Por onde andei?
Aonde fui?
Em quais caminhos me perdi, e onde me encontrei?
Hoje olho pra eles,
judiados pelo tempo e usados pela vida,
mas confesso,
não dou a eles a atenção merecida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...