18 de agosto de 2007

Onde lançarei?

Onde lançarei as iscas dos meus pensamentos ?
O que virá em meu anzol ?
Pensar é como pescar... lança-se o anzol, e quando o recolhemos, quase sempre vem algo novo....digo quase sempre, porque sei que muitas vezes lançamos , lançamos e lançamos... e parece que não há nada do outro lado...
Mas como todo bom pensador (ou pescador), não desistimos, pois sabemos que se não há resposta hoje, amanhã haverá.
Lança teu pensamento, e teu coração não ficará sem respostas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...