6 de março de 2008

Nos caminhos por onde andei...

Em cada caminho por onde andei
por cada lugar que passei,
em cada rosto que vi,
em cada alma que conheci.
Havia vida e havia morte,
olhar de dor e olhar de sorte,
angústias vivas em almas ativas,
dores mortas em vidas tortas.
Em cada caminho por onde andei
vi correr o tempo , vi sofrer a carne
vi sangrar a vida ,vi o acaso roubando
vi a alegria reinando, vi a dor sufocando.
Em cada caminho por onde andei
conheci um rei ou conheci alguém,
que reinando bem ou não,
dominou,
comandou,
abusou,
usou,
traiu-se e caiu.
Vi que os reinos não se firmam
vi que os hipócritas não se afirmam
vi que os amigos vão embora
e vi que na vida, tudo tem que ser pra agora.
Em cada caminho por onde andei
descobri que nada vale mais do que a verdade
que nunca se pode esconder a mentira e a falsidade
que onde ouver voz haverá um grito
e onde houver amor e força, haverá liberdade.
Em cada caminho por onde andei
vi que o engano não dura e o mau quase sempre perdura
vi que o bem um dia vem
e na vida sempre tem alguém que te ame também.

Em cada caminho por onde andei, me cansei, me revigorei.
E agora, pra onde vou?
Não sei...

11 comentários:

  1. Mas vai saber quando lá chegar que o caminho que resolveste seguir foi o mais acertado.

    Cores novas no templade ficou muito bom.

    Beijao e boa noite

    ResponderExcluir
  2. Aliceee...
    Belo texto...
    Muitos caminhos, muitos aprendizados...
    =D
    FIk c Deus

    ResponderExcluir
  3. Ola amiga,

    Obrigado pela visita ao mar de sonhos.

    Adorei as suas palavras e vim retribuir as mesmas neste seu mundo de encanto.

    O caminho esta à tua frente, basta seguir, caminhar e acima de tudo viver...

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Amiga....

    Eu amo os seus poemas e o principal, sempre falam muito ao meu coração!!!

    Bjs

    Janaína

    ResponderExcluir
  5. " e agora pra onde vou ?"

    eu iria pelo mesmo caminho - onde há vida e há morte. É a estrada da vida. Cheia de altos e baixos. Cheia de céus e de chãos ;-)

    grande beijo

    ResponderExcluir
  6. Lindo, lindo, lindo!

    Acho que já ouvi esse poema, cantado, só não me lembro aonde...

    Beijo,

    Roger

    ResponderExcluir
  7. Nossa, adorei :]
    Adoro tanto as coisas que você escrevee. hehe

    No caminho nós estamos sempre aprendendo muitas coisas mesmo. Algumas não tão boas, mas fazer o que. E o caminho pra escolher é muito difícil né?!

    Beijooo

    ResponderExcluir
  8. O melhor de tudo na vida é isso.
    Nós somos viajantes.

    Tantos e tantos caminhos seguidos...
    quanto e quantos a seguir?

    Muito bom seu texto. Gostei muito!

    Bejo.
    Tô de volta!

    ResponderExcluir
  9. Por um certo caminho na internet encontrei seu blog. Foi bom. Voltei.

    Obrigado pela visita ao essa palavra e esteja à vontade quanto a add meu blog na sua página. Na verdade me senti lisnjeado om o seu pedido.

    abraço.

    ResponderExcluir
  10. Nada como uma nova aventura que nos aguarda ao viramos a esquina.
    Se será um caminho tortuoso, não temos como saber. Mas há a certeza de que muitas pessoas encontraremos nessa jornada, que nos ensinarão a ver o mundo sob um novo ângulo.
    Se fores rudes, nos ensinarão a sermos mais brandos.
    Se forem rancorosas, nos ensinarão a sermos mais complacentes.
    O mau se torna bom. Alí, ao virar a esquina.


    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  11. Parabéns pelo blog.

    Quero dividir contigo!!

    Nos caminhos que percorri, assim como você, encontrei vida, morte e dor.
    Encontrei gritos e murmúrios e gemidos.

    Nos caminhos que percorri também vi e ouvi sorrisos de alegria e lágrimas de saudade.

    Saudade de um tempo que ficou no passado; nas lembranças de hoje tem pessoas que jamais esqueceremos.

    Abraço

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...