28 de abril de 2008

Em busca de um Oásis

As vezes a vida me assusta.
Bem, pra dizer a verdade, ela "sempre" me assusta.
Desde pequenina que me preparo para ela, e nunca estou pronta. Sinto-me sempre em defasagem, em atraso, perdendo alguma coisa no meio do caminho. Nunca consigo conhecer realmente quem esta ao meu lado, sempre confio demais nas pessoas e no que elas dizem que são, sempre acho que o final será feliz.
Isso me cheira a ingenuidade.
Leio, estudo, pesquiso, presto atenção, me esforço, e nunca aprendo a viver como "gente grande".
Sempre me surpreendo com as atitudes hipócritas e falsas daqueles que eu sempre soube que se aproveitavam de mim , me surpreendo com a violência com que as pessoas se revelam com o passar do tempo, me assusta a falsidade e a facilidade com que mentem e acusam e inventam estórias para viverem.
Fico estupefata em ver como podemos incomodar a "central da inveja alheia", me paralizo em ver como existem pessoas destemidas para manipular e teatralizar a vida em seu favor.
Preciso crescer.
A cada dia que passa vejo cada vez mais as pessoas mentindo, se distanciando, se criticando e se invejando. Isso é como uma praga que se alastra pelos seres ditos humanos.
Eu confiava na igreja, julgava ter encontrado lá algo verdadeiro para se viver, mas vi que é na igreja que habitam os mais falsos, os mais hipócritas e os mais mentirosos.
Não que não seja lá o lugar deles, afinal, Jesus disse que veio para os doentes, eu é que fui ingênua mais uma vez em acreditar numa miragem.
A igreja nada mais é do que uma miragem.
Caminhamos num deserto sem fim, e nessa caminhada temos muitas miragens, e encontrados alguns oásis também (mas esses são poucos), mas nossa caminhada nunca finda.
É areia que não acaba mais... e eu já estou até curtindo um pouco mais esse calorzinho.
Preciso crescer: me proteger mais, me blindar contra as "astutas ciladas dos hipócritas", contra as hostes e principados pastorais-apostalares que nos tentam devorar todos os dias, preciso me desviar da língua mentirosa que sempre traz seu pai junto (o diabo, demo, coisa ruim, chifrudo, thcu thcu cão, etc) .
Preciso me afastar ou afastar de mim esse bando de sangue-sugas que me cercam e me pressionam.
Preciso crescer e renovar minhas forças como a águia, em graça e amor de Deus.
Rever meus valores, refazer meus pensamentos, reorganizar minha vida, recomeçar, reviver, ressuscitar.
Passo a passo, sob o sol escaldante desse deserto onde não se pode parar, estou em busca de mais um oásis.
Em busca de água, em busca de paz, em busca do verdadeiro Deus e da tal vida abundante.

19 comentários:

  1. Também vivo esse susto...

    Da vida difícil e cheia de conflito. Procuro um Oásis, e quase nunca o acho em Igreja ou Líderes mas em amigos, companheiros, em paciência, em amor, em carinho.

    Sofro como vc nessa procura, me sinto uma criança sem rumo, alguém longe do descanso, buscando consolo, abrigo.

    É esse abrigo q encontro aos poucos esse "Oásis" de aceitação e graça raramente presente nos momentos q vivo. É a Casa do Pai pra onde devo sempre voltar. Onde sou chamado Filho Amado, e aceito como sou.


    Lá é meu Oásis, e é pra lá a direção da minha busca...

    Abração Alice - tomei o direito de publicar uma frase desse texto nas minhas "Reflexões Bombásticas".
    Obrigado
    DEUS abençoe!

    ResponderExcluir
  2. E esta busca é a busca de uma vida... Eu preciso entender o que é ser gente grande... ser adulto... ainda não sei o que é isso... ainda não sinto isso... mas no fundo... por isso... nem sinto muito...
    beijos Mila

    ResponderExcluir
  3. Este texto se parece comigo...

    Passo o tempo todo tentando perceber quem pode somar, mas sempre me decepciono...

    Bjs

    Janaína

    ResponderExcluir
  4. Mais uma, também me sinto só. Igreja em minha vida é coisa de passado sem volta. Amigos? Só me procuram para despejar problemas. Também compartilho da tua sede.

    ResponderExcluir
  5. mt legal por aqui achei ;p
    vamos nos linkar?
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Creio que nós não precisamos de gente apontando caminhos! dizendo o que é certou ou não,
    o nosso caminho nós descobrimos por nós mesmos, olhando pra dentro, e para os lados.
    e não para as mentiras implantadas em nossa cabeça dia-a-dia.
    Busque sim!
    Com essa luz que você tem encontrará fácil fácil.
    :]
    boa sorte.

    ResponderExcluir
  7. O que será que está te faltando? Com certeza vc sabe a resposta.

    Bom feriado.

    Beijao

    ResponderExcluir
  8. Olá! as pessoas são crueis. isso é fato! eu ja me ferrei muito e aprendi a não dar ouvidos pra quem só fala besteira.

    Em igrejas não seriam diferentes pq lá tem pessoas, seres humanos impoerfeitos como o resto da humanidade. eu diria que lá é uma amostra bem real do que o mundo é. Jesus é perfeito! por isso eu sigo ele e não a igreja. só vou a igreja pq preciso de pessoas mais sabias do que eu para me orientar ma tratos todos no maior estilo "quero o seu conhecimento e não sua amizade"... rs

    beijokas fofa! que Deus te dê sabedoria para lidar com essa vida louca que nós temos

    ate+

    ResponderExcluir
  9. A vida assusta, sim. Assusta porque é bela e verdadeira. A vida nunca mente. Nós é que, desesperados por entendê-la, sem conseguir, criamos fantasias para torná-la menos implacável. E não nos importamos em inventar, mentir, enganar, maltratar para isso.
    Na vida, nunca há tempo suficiente para conhecer as pessoas, para ler livros, para sorrir despretensiosamente.
    Tampouco há espaço.
    A vida e o tempo são companheiros e andam de braços juntos. Tudo passa tão depressa.
    A vida também me assusta. Mas eu decidi passar com ela, e não deixá-la escorrer por mim...

    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Me identifiquei bastante com seu post.
    Achei muito sincero.
    ;)

    ResponderExcluir
  11. Olhai os lírios do campo foi nomeado por outro blog amigo SLetras. Assim continuamos esta "RedeTeia" cumprindo as regras.

    Pela blogosfera decorre uma inciativa com a finalidade de homenagear blogs de amigos que nos visitam ou que nós visitamos e que, de alguma forma, têm pontos em comum connosco.

    Desta forma o blog OlhaiosLíriosdoCampo foi nomeado pela Isabel, pessoa muito gentil e amável que possui um espaço que é um jardim de afectos, flores e sorrisos. "SLETRAS" (http://bc-beblogspotcom.blogspot.com/).

    Como é um blog muito bom, sim senhora!

    De acordo com as seguintes regras:

    1. Este prémio deve ser atribuído aos blogs que gostamos e visitamos regularmente, postandocomentários.

    2. Ao receber o selo "é um blog muito bom sim senhora"! devemos escrever um post incluindo:o nome de quem nos deu o prémio com o respectivo link de acesso+ a tag do prémio + a indi-cação de outros 7 blogs.

    3. A tag do prémio deve ser exibida no blog.Assim o blog http://olhaioliriodocampo.blogspot.com/, conhecido por OlhaiosLíriosdoCampo, declara que os blogs que visita e comenta, entre outros que comenta e visita lamenta não nomear são:

    http://abrigodossabios-paulo.blogspot.com/

    http://www.lhmbrasil.com.br/blog/

    http://alicenopaisdopensamento.blog
    spot.com/
    http://cantodojo.blogspot.com/

    http://amorfraternal.blogspot.com/

    http://deferipula.blogspot.com/

    http://gaivota-
    mareterra.blogspot.com/

    Porque é uma jardim de sentimentos e de amizade.
    Isabel

    Alice no País do Pensamento, porque:

    È um espaço junto ao mar, com um céu muito azul, e um sol resplandecente e acariciador.

    Viviana

    ResponderExcluir
  12. Sorry, sinto ser o portador das más ou boas noticias depende do ponto que você olhar, mas você nunca e acredite quando digo NUNCA vai crescer, você já decidiu isso a muito tempo atrás e sair da terra do nunca não faz você voltar a crescer como deveria, quando se decide ser criança pra sempre simplesmente se é...

    E olha, quem sabe não é melhor assim, ser bobo(não cunfunda bobo com burro com tolo) é lindo é belo, e tirando os poucos momentos como esse no fundo acho que nós é que somos felizes, só nós conceguimos amar de verdade...

    A fé quando firmada em pessoas é fraca quando depositada em Deus é a verdade e a vida...

    Você é uma pessoa incrivel e tenho certeza quando digo que vai superar isso...

    ResponderExcluir
  13. Achei seu texto legal!
    Me identifico com o que foi exposto lá!
    Só nós mesmos temos as respostas para certos questionamentos!
    Bjos

    ResponderExcluir
  14. O Mar de Sonhos está a celebrar o seu primeiro aniversário. Venho assim agradecer a todos os amigos, aos leitores, a todos os que me ajudaram ao longo deste ano de vida.

    O meu obrigado pelo vosso carinho e amizade.

    Com amizade

    Luis F

    ResponderExcluir
  15. Tudo isso mostra o quanto você está disposta a seguir por um caminho honesto, de boas ações, muito aprendizado e importantes lições.
    Não precisa se preocupar em procurar um Oásis, Alice. Essa integridade tão pura que você possui lhe dará uma fonte inesgotável de água, esteja onde estiver ;)

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  16. Estou consigo nessa busca do verdadeiro Deus e da vida abundante. Abandone-se a Ele como uma criança se abandona nos braços do pai. Nunca deixe de confiar e amar, contra todas as evidências, tempestades, fracassos, decepções. Não é fácil, por isso é que é fundamental a atitude de abandono e confiança, perante a fragilidade e impotência que sentimos. O Pai está sempre de braços abertos para nos receber, acolher, consolar e curar...
    Abraço fraterno em Cristo.

    ResponderExcluir
  17. Alicee, flor.
    Faz dias que tô tentando comentar e não consigo...

    __

    Acho que em certas ocasiões da vida, sempre buscamos oásis diversos....
    Texto perfeito.
    ;)

    ResponderExcluir
  18. Na água tudo se perde
    Lavas do rosto a desventura
    Uma lágrima é simples gota
    Perdida do mar da ternura


    Boa semana


    Doce beijo

    ResponderExcluir
  19. Você descreveu muito bem a fragilidade do ser humano diante da vida. Todos somos assim, por mais fortes e determinados que queiramos parecer. A vida é tão grandiosa aos nossos olhos e, ao mesmo tempo, é "como a flor da erva, de manhã viçosa, à tarde murcha e cai". Belo texto!

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...