21 de setembro de 2008

SINTO-VEJO-QUERO


Sinto
...que como um teorema ou equação
que mesmo com ou sem noção
lá se vai o coração humano
para suas voltas ao redor do engano...

Vejo
...que no fim tudo se esclarece
mas do que dói nada se esquece
que por mais que se explique
não há caminho certo que a dor indique...

Quero
...que o tempo passe e apague
de nossas memórias o que não agrade
e que o amor possa finalmente
suplantar toda frieza de nossas mentes.

20 comentários:

  1. Só o tempo mesmo consegue apagar velhas mágoas, lembranças ruins...
    Lindo, Alice!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Querida amiga,

    O tempo é o senhor de tudo, mesmo
    de nossas imperfeições.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi,

    Menina, hoje foi um caos, saí prá
    praia, mas só tinha político na
    rua, essas pestes só vem de 4 em 4 anos, mas é um inferno.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Não preciso repetir que me surpreendo cada vez que venho até aqui, né?
    Vc escreve muito bem!
    Bjs e uma boa semana!

    ResponderExcluir
  5. Aqui estou, para não dizer que não venho, mas não darei palpites. A poesia é pessoal demais, íntima e exclusiva, tanto que não tenho coragem para comentar, apesar de ser bela.

    ResponderExcluir
  6. Sinto, vejo e quero... O pior é isso.
    Quero... parece sentimento de posse. E se não conseguimos, vem a frustação e depressão.
    Sinto, vejo e desfruto...Talvez tenha melhor alcance e beleza.

    ResponderExcluir
  7. Alicinha, gostei do que o Luzão escreveu acima, porque eu estou sempre por aqui, as vezes até recorto suas poesias e deixo na tela no meu micro, para ir "sentindo" durante o dia. Mas não sei o que comentar, porque concordo com ele, na maioria das vezes não há comentário a fazer, é só puro sentimento.

    Mas sempre bato ponto por aqui...

    ResponderExcluir
  8. Betuxa linda !...
    qdo pescrevo, realmente não escrevo para alguém e na maioria das vezes nem mesmo escrevo para mim, apenas escrevo o que a alma dita....o importante é ter um coração poético, ler ,ouvir, ou escrever, é apenas consequencia seja em prosa, ou poesia, seja em textos ou crônicas, o que vale é a expressão do que fica no papel.
    Por exemplo, quando leio vc , ou o Lou , ou o Volney, ou o Brabo, o Pava, o Tonioli... pra mim, é pura poesia, é deliciar minha alma...
    Mas adoro saber que vc esteve aqui... o Lou então !! é uma honra pra mim ..hehhee afinal, ele é o Lou c sabe né !

    beijocas pra vc !!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Alice
    Venho agradecer tua visita ao SEMPRE JOVENS e ao mesmo tempo prestar um esclarecimento que deveria ter feito a 1ª.vez que vim aqui... Desculpa!
    No Sempre Jovens eu sou apenas colaboradora. Lá eu publico apenas à terça-feira.
    Hoje mesmo coloquei lá um post que acho muito bonito. Se quiser ir lá ver...acho que vai gostar.
    Como coloradora não posso linkar vc.
    Mas vou fazê-lo no MEU blog A CASA DA MARIQUINHAS
    Aqui eu posto à quinta-feira e domingo.
    Terei o maior prazer em vê-la na minha "Casa".
    Aproveito para comentar seu poema de hoje, que acho lindíssimo.
    Muito verdadeiro.
    Junto os meus desejos aos seus, na parte final:
    "Quero que o tempo passe e apague da nossa memória o que não agrade".
    No fundo é o que todos queremos...
    Beijinhos
    Mariazita

    ResponderExcluir
  10. Oi, Alice!

    Sempre com coisas lindas, tiradas lá do fundo d'alma!

    Lindo, lindo poema!
    Linda, linda, você!

    beijinhos carinnhosos,

    Neli

    ResponderExcluir
  11. Parabéns Alice, pelo brilhante conteúdo deste blog!!!

    Um abraço fraternal!!!

    ResponderExcluir
  12. Lindo texto, lidno blog. Sou nova por aqui, mas voltarei muitas vezes... E te convido a visitar o meu... Um beijo

    ResponderExcluir
  13. Alice a alguns dias vejo seu blog,
    pois tenho meus escritos não entendo muito bem sobre sessa questão de escrever, gostaria bastante, de algumas de suas orientações.

    Sobre construção poética
    Sobre escrever
    pois indentifiquei em mim o gosto pela escrita.
    Se voçê tiver apostila ou material me envie.

    Se voçê puder me responder agradeço.

    meu email principal:

    noeliaalves@cdnbrasil.com.br

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...