24 de março de 2009

O tempo de Dona Maria


E com o passar do tempo o próprio tempo me diria:

- Foi-se o tempo, Dona Maria...

E então eu me riria, e do tempo que eu não mais teria, diria:

- Foi então a dor de todo dia, foi-se aquilo que me doía,
mas minhas lembranças e minha fé nem mesmo tu,
óh tempo,
tirarias...
...pois do amor que eu vivi só o que guardei foi alegria.


E tenho dito,
eu, Dona Maria.

16 comentários:

  1. Que lindo, Alice!

    "...pois do amor que eu vivi só o que guardei foi alegria."

    Esta frase me emocionou! Que bom que os momentos de alegria a gente não esquece!

    beijinhos, linda!

    Neli

    ResponderExcluir
  2. Nossa, Alice... Arrasou!!!

    Lindo, e deixa esta dona Maria para lá,pois você está muito gata!!! E o seu Template, lay out, sei lá o que, está muito bonito!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Alice,

    Seu diálogo demonstra que o tempo, de fato, pode curar. Se quisermos ele deixa apenas as alegrias. As más lembranças? Que ele (o tempo) deixe no meio do caminho.

    Beijos e fica com Deus.

    ResponderExcluir
  4. Blog com cara nova!!! Ficou lindo, como tudo q vc escreve. rsrs
    Uma ótima semana pra vc.
    Bjinhos.

    ResponderExcluir
  5. D. Maria Alice, e tenho dito que nem o tempo e nem a potestades, poderia nos separar do Amor de Cristo...

    Um beijo grande

    ResponderExcluir
  6. "Se tudo for feito com Amor e ingenuidade;
    Se todos se amarem mutuamente;
    Se a felicidade for uma Eternidade;
    Se a tristeza for mera passagem;
    Se a amizade for sincera e de Verdade;
    Se a vida for um Dar acima de receber;
    Então descobriremos que foi em cada uma desses
    momentos que nosso coração bateu mais forte,
    e que agimos pura e simplesmente como seres Humanos!"

    (Vera Costa)

    Desejo uma linda semana com muito amor.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Vc está afiadíssima!
    Li 4 postagens em seguida e foi me dando um arrepio...
    Que Deus me permita guardar as lembranças do amor e não julgar os outros!!!
    Valeu!!!

    ResponderExcluir
  8. Tempo!! Hoje ele falou comigo...Postei algo sobre "envelhecer". Passando aqui descobri mais!!
    Obrigada!! Adorei e já não vai ser assim tão difícil!! rsrs
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Alice

    Que boa essa possibilidade de ficar com as melhores lembranças, né? Elas adoçam a alma e dão força para seguir em frente.

    Beijo pra vocês, quando vierem a SP, façam contato antes (tem meu email no blog). Quem sabe a gente possa tomar um lanche aqui em casa.

    ResponderExcluir
  10. Sempre com textos lindos, realmente momentos de alegria e de amor, o tempo não apaga a gente não esquece!

    Como adoro seu cantinho... tenho um selinho para seu blog!!

    Grandes beijos

    ResponderExcluir
  11. http://tsarphatah.blogspot.com/2009/03/doce-consolacao.html

    ResponderExcluir
  12. Amor,

    Lembra o que eu te falava no início do namoro, que envelheceríamos juntos e nos amando, que lindo não!

    Já se foram 31 anos de pura alegria.

    Ti amo!

    ResponderExcluir
  13. Anda bem que o tempo não é capaz de apagar nossas lembranças.
    Grande beijo e bom fim de semana.

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...