31 de maio de 2011

Em canto...



Como pirilampo

como a cor que brilha no encanto

como uma luz,

num escuro canto

assim é o meu canto,

enquanto eu me encanto

eu canto

e vou me iluminando e brilhando

como um pirilampo...

2 comentários:

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...