23 de maio de 2011

...Falando dela....

Um dia vou morrer.
Eu, você, todos nós morreremos e só nesse dia descobriremos o que nossa fé nos fez crer todo esse tempo.
Aliás, essa coisa de fé é muito interessante, e digo coisa, porque é muito difícil definir algo que (como diz a minha Bíblia)" me dá a certeza de alguma coisa que espero e me prova o que não existe"... essa coisa estranha que me faz viver o bicho-homem deu o nome de .
...E nossa fé se encerra (ou será que começa?) no dia de nossa morte.
Eu vou morrer.
Morro todos os dia um pouquinho e o tempo, bem, o tempo tem sido implacável em sua pontualidade ao me trazer essa desconhecida morte para perto.
Morrem amigos, conhecidos, parentes, gente boa e gente má, gente que conheci muito e e outras nem tanto, mas todos, sem excessão, morrem e morrerão.
Bem, no mínimo, para não ser hipócrita, ou para não me adicionar ao discurso crentês de que não devo temer a morte, eu me sinto muito desconfortável ao pensar que ela também se aproxima de mim todos os dias.
Se nossa fé nos livrasse dos medos e receios, nenhum de nós procuraria médicos na hora da dor ou das enfermidades, e permitiríamos que essas enfermidades nos levassem aos braços dela (da morte), mas nossa fé é para viver, para ser melhor, para vencer, para conquistar, e não para morrer.
Bem, vamos mesmo morrer, então, o melhor é espera-la com alegria e satisfação por poder viver, e é muito bom que minha doida fé esteja certa pois eu adoraria encontrar com meu amado Jesus na Glória, e abraça-LO com todo meu amor....

6 comentários:

  1. Essa é a primeira vez que leio um post seu e adorei, mesmo.
    Os seus textos são bem maduros e tem bastante coisas qua se assemelha aos meus pensametos.
    Saiba que tem um novo fã.

    ResponderExcluir
  2. E vamos abraça-lo mesmo!!!

    Não por nossos méritos, mas por Seu amor por nós na cruz e pela nossa fé em Seu sacrifício por nós!!!

    E quando chegarmos lá, veremos que valeu a pena esperar, esta vida doida, muitas vezes vida doída, mas ao lado dEle, que é a nossa razão de viver!!!

    bjs, querida!

    ResponderExcluir
  3. Eu vejo a morte todos os dias e as vezes ela sorri pra mim, ironicamente eu geralmente me pego sorrindo devolta, é estranho pensar que ela vvem em meu encalço, mas não me dou o trabalho de esperar por ela, ela que não anuncia sua chegada também não merece de mim a espera, por isso vivo, todos os dias, até que "ela" não me deixe mais viver, e ai vou poder dizer, "Pois para mim viver é cristo e morrer é lucro..."

    ResponderExcluir
  4. ^^

    Com certeza estou na mesma expectativa....

    caraca muito bom mesmoooo....

    Que Deus te aconchegue e faça você perceber que

    Suas palavras mudam vidas...
    ^^

    ResponderExcluir
  5. beijos e fique com deus .que ele te abençoe

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...