20 de maio de 2011

Na chegada



Corro, logo, me canso,

e na fadiga de minha vida

descubro,

que a pressa

não me leva

(mas sem ela eu não vou)

onde minh'alma quer chegar.

3 comentários:

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...