Pular para o conteúdo principal

Entre Águas, Anjos e Flores , despedida de Luísa Lunardi 18/3

ENTRE ÁGUAS, ANJOS E FLORES.

...e derrepente olhei para os lados e vi,
olhos molhados,
marejados, doídos,
contraídos pela compaixão,
tímidos pela dor,
reflexivos , incompreendidos,
que sem resposta questionavam...
Vi um parto inverso,
senti a lâmina que rasgava os úteros ,
ouvi o soluço gemido e inconsolável do choro de quem abria sua alma em luto.
Olhei e vi as mãos ,
inúmeras mãos,
apertadas e entrelaçadas,
mãos agarradas ao invisível coração ou elevadas aos céus em oração .
Olhei e vi olhares que queriam abraçar,
olhares que desejam consolar,
olhares que queriam gritar,
olhares que nem mais podiam olhar...
Vi olhares de anjos, de amigos e de irmãos .
Ouvi palavras que desejavam ser ditas sendo silenciadas pelo som insuportável do silêncio da dor.
Vi o mover de passos que eram preciso dar mas que não levavam a lugar algum ,
e senti a areia grossa sob meus pés a me empurrar para o mar.
...e derrepente olhei e vi o cinza do céu trazendo as águas de um dia que chorava a despedida de sua mais linda filhinha...
Vi essas águas a descer e a lavar a vida dos que ficaram, aguas que se misturavam às lágrimas ,
lágrimas que inundavam o mar ...e o mar...
o tão amado mar ,
que em seus braços e ondas levava para o céu nossa princesinha.

E lá se foi ela ...como um anjo,
...como uma onda,
...entre pétalas e espumas ,
...entre areia e conchas ,
...entre águas e lágrimas.

E as águas do céu desceram e transformaram nosso oceano em saudade.

Então olhei ,
e ao longe vi um colar de flores sendo levado pelo mover das ondas,
...flores lindas e brancas que derrepente, ao virar e mover das águas salgadas ,
apenas submergiram para não mais subir...

E assim ,
como num olhar molhado e distraído de quem apenas queria olhar e ver, ...eu simplesmente entendi.

Entendi que foram os céus chorando a lavar nossa dor,
foram as águas levando a navegar nosso amor ,
foi Luísa,
que num mergulho em flores,
 em anjo se tornou.

Meu anjinho,
espere por nós com esse lindo colar que você levou....seu abraço será sempre aquecido pela saudade em nossos corações .

Fique tranquila minha menina Luisa Lunardi, vamos cuidar direitinho de sua mamãe Erika Lunardi Longo , de seu maninho  Lucas Tucat e de seu tão amado Marcio Longo ...

Com amor eterno,
sua "tia Alice"

Vera Lucia Chimenti Kuty Aguiar Renata Lekich Renata Cipriani Fazzi Caroline Fileti Brun Edna Sanches Ávila Surfamily Toledo Olivia De Carle Gottheiner Flávia Gonzaga Carmen Alice Brunini Fernanda Souza Ramos Pitta Magali Macarovscha Bianca Galrão Fernanda Stroka Barollo Caio Pedro Octávio Barollo Jr.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

À GEORGIA (Saia Justa), COM CARINHO...

Georgia , Quem não te conhece não sabe o quanto é doce teu coração. Quem não te conhece não pode imaginar o quanto são fundamentadas as suas ações. Cidadania, integridade e sensibilidade talvez pudessem ser seus nomes e sobrenomes. Você Georgia, é daquelas pessoas que nos surpreendem pela sensibilidade espiritual e pela atenção que tem ao que é importante e ao que pode melhorar nosso planeta e seus habitantes. São pessoas como você que fazem a diferença, que movem os moinhos, que constróem os castelos eternos e que transformam o que nos parecia imutável. Nos pouco mais de 2 anos que estou "no ar" nessa maluca e indispensável blogosféra , tenho acompanhado suas postagens com carinho e atenção. Tenho te visto engajada em temas profundos e sérios, tenho partilhado de sua linda família e seu amor por eles, e te vejo movida movida por ideais maiores a cada palavra que nasce de tua escrita. Gostaria muito que todos me ouvissem ou me lessem quando digo que nosso mundo precisa de pes

Militância Chata

Estou de saco cheio dessa militância . Que coisa mais chata essa gente cheia de verdades absolutas, pontos de vista únicos, pensamentos perfeitos e visões aguçadas. Ninguém mais sabe conversar, apenas discutir , brigar, e tudo para provar que está com a razão. Seja o tema politico' , social , religioso ou apenas qualquer bobagem, já se torna uma discussão. To cansada disso. Muito. Só queria poder ouvir , poder falar, poder ser , poder ver, e poder pensar ....sem alguém pra criticar, corrigir ou completar. Cansei.

Minha Doce Eternidade

Quanto tempo você levou para descobrir que o tempo passou pra você ? Eu, particularmente, nunca pensei que o tempo pudesse passar pra mim, e sempre acreditei na eternidade (eterna alegria, eterna juventude, eterna saúde) . Mas o tempo passa, e passa tão naturalmente que mesmo com o passar dele ainda me sinto eterna ( rsrsss ). Sinto-me como sempre me senti. Posso perceber em mim a mesma Alice de 15 anos, ou a mesma de 28 anos, ou ainda a mesma dos 35 anos. Penso da mesma forma, choro com a mesma dor, grito com a mesma intensidade, me alegro com a mesma euforia, mas a única coisa que estranho é essa imagem que teima em aparecer todos os dias pra mim diante espelho...Nessa imagem há cabelos estranhos que clareiam a cada dia e penso que ainda ficarão todos brancos...nesse corpo que vejo já não há tanta leveza e muito menos agilidade, e há também certas dores que caminham por ele que antes eu não notava. Mas ainda me sinto eterna. Há uma estranha dentro de mim que briga comigo o tempo t