2 de outubro de 2007

A porta


... Hoje me levantei com vontade de escrever sobre minhas razões e emoções e de responder a algumas acusações que me fazem os ignorantes de pensamento, então, encontrei nesse "maluco mundo internautico googlefísico" essa imagem que me encantei.... tem gente que é boa mesmo em desenhar, fotografar e criar...

Então, postei a foto e fui almoçar, e quando volto, tenho a agradável surpresa de já encontrar um comentário... mais que agradável, poética surpresa, pois um comentário de meu "amigo poeta profético", o Profeta.

Esse cara tem um blog de deixar o queixo caído !! Ele é demais, de uma profundidade poética estratosférica, ele consegue traduzir a alma e reinventar emoções, vale a pena conferir....http://profeciaeterna.blogspot.com/

Meu amigo profeta então me perguntou se essa era a porta para esse país (país do pensamento), e então, mais uma vez eu vi Deus agir e mais uma vez O ouvi falar comigo.

Sim , essa é a porta... o Livro é a Porta, o Verbo é o Caminho, e o ensino que isso nos traz é a Vida.

Pensar é viver e viver é estar perto do Criador, e estar perto do Criador é o êxtase !!

Eu vivo pra pensar, penso pra viver e sobreviver, pois quem pensa, eu sei, sempre fará diferença !!...e olha, muitos me questionam pois acham futilidade esse meu jeito, ou então que eu deveria me "focar" em coisas mais espirituais ..rsrrsrsss..... ledo engano.... há por acaso algo mais próximo do Espírito do que pensar ??

Beijos a todos, mas hoje, um beijo especial pra você, amigo "Profeta".

5 comentários:

  1. Esta é a porta para o teu fascinante mundo...?

    Doce beijo

    ResponderExcluir
  2. Que pena as pessoas que vivem à tua volta não conseguirem ver a pessoa maravilhosa que és...e és tanto, um pássaro de olhar azul...

    Doce e terno beijo minha querida

    ResponderExcluir
  3. Se as pessoas pensassem mais, o mundo seria melhor e mais humano.
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Oi... que bonito que tá seu blog.
    Escrever é bom sim e ser blogueiro tem algo de especial.
    Essa generosa troca entre nós nos acalenta mais que tantos mais próximos a nós.
    É estranho isso, viu!
    Beijos.

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...