26 de fevereiro de 2008

Sobre o Perdão

Qual foi a maior injustiça que você ja sofreu ?
Qual foi a maior traição que você já viveu ?
Quem foi que te roubou, te humilhou, te caluniou, te sequestrou , te violentou ?
Quantas vezes você foi acusado injustamente, perseguido e invejado ?

Pois é, esse é o mundo em que vivemos, essa é a vida que vivemos, essa é a nossa história.
Então, me pego a pensar sobre o perdão.
Como cristã, sei que é preciso perdoar, é preciso mais que perdoar é preciso abençoar quem te prejudicou, mais do que isso, é preciso também amar aos teus inimigos.

Seria irônico se não fosse trágico, ou trágico se não fosse irônico.
Mas não é nem trágico e nem irônico, é verdadeiro e é preciso.
É necessário para nossa própria sobrevivência e convivência em sociedade, e principalmente com Deus.
Perdoar é injusto.
Se analisarmos pelo lado humano ou animal, perdoar é totalmente injusto.
É contra a lei da natureza.
Não há um animal que eu conheça que goste de ficar espontâneamente ao lado de seu algoz.
Perdoar é injusto, porque para perdoar temos que dizer:
Olha, você me roubou, me sequestrou, me violentou, matou meus sonhos, mas eu te perdôo, e ainda por cima, te abençôo.

Perdoar é injusto quando temos que dizer:
Olha, eu te amei a vida toda, fui fiel a você, mas você me traiu, me enganou, me usou, mas ainda assim, eu te perdôo, e ainda por cima , te abençôo.

Perdoar é injusto quando temos que falar:
Olha, fui sua amiga(o) por mais de 10 anos, amei você e sua família, te servi com tudo o que tenho, cuidei de você, ouvi suas mazelas, te socorri, te protegi dos teus inimigos, te acarinhei, te segurei pela mão nos dias maus, mas descobri suas mentiras, sua inveja e descobri que tu só me usavas para conseguir o que queria e que por trás ainda ria de mim e de meu amor, mas mesmo assim, eu te perdôo e ainda por cima te abençôo.

Então, penso, perdoar é injusto.
Mas sei, que perdoar não é humano, perdoar é um ato divino, perdoar é estar acima da dor e dos insultos, perdoar é chegar mais perto de Deus.
Sei também, que o ato de perdoar também me perdoa, me liberta dos ressentimentos, me livra das amarguras, e apaga as decepções e limpa meu coração.

Perdoar nada tem a ver com justiça.
A justiça é de Deus, mas perdoar é do homem.

Toda vez que nos apoiamos em nossas justiças, nos afundamos mais nas nossas imundícias.
Perdoar requer força, determinação e insistência.
Requer paciência e obediência.
Requer amor.
Perdoar traz o perdão de Deus para nós,
afinal, somos todos pecadores.
..."perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido"....
(Oração do Pai-Nosso)

7 comentários:

  1. Alice, com certeza eu tb já fui injusta com muitas pessoas mesmo sem saber. Depende até mesmo do ponto de vista de cada um.
    Perdoar é difícil quando se sente a dor ainda. Gracas a Deus nao tenho nada a perdoar a ninguém mas conheco pessoas onde eu nao gostaria de ter vivido as situacoes, pois me seria incrivelmente difícil esquecer. Seria mesmo um espinho na minha carne. Creio que por isso, Deus nao me fez passar determinadas coisas. Aleluia!!!

    ResponderExcluir
  2. Menina, esse texto me caiu hoje como uma luva!
    Estava eu aqui a pensar justamente sobre esse tema: como é difícil perdoar, mas perdoar de verdade.
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Amiga...

    É verdade!!! Pra se perdoar temos que abençoar, e isso é tão dificil!!!

    Eu preciso perdoar muito alguém que dispencou o meu coração e sem pudor o cuspiu e ainda sorriu de mim...

    Bjs

    Janaína

    ResponderExcluir
  4. Obrigado pela visita ao meu mar de sonhos.

    Li com atenção este texto e adorei

    Parabens

    ResponderExcluir
  5. É preciso olhar os outros e ver neles o que gostariamos de ver em nós. Perdoar, compreender ... etc...

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Obrigado pela visita na Confraria e pelas suas palavras. Parabéns pelo seu espaço!
    Sobre o assunto do post, penso que amor e perdão são um exercício. Mas, sem perder de vista que aprendemos a amar quando temos consciência de que Alguém nos amou primeiro (e de forma incondicional) e também conseguimos perdoar quando temos certeza que fomos totalmente perdoados (e sem merecimento nenhum).
    Aguardo você na Confraria e também no DoxaBrasil (http://doxabrasil.blogspot.com).
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  7. É tão difícil....até um dia,até aparecer uma situação em que compreendemos o porquê de termos sofrido nas mãos de alguém aquilo,até compreendermos a pessoa.Depois fica tudo esquecido...limpo...em branco...não quer dizer que vamos abraçar fulano,conviver com ele,não....apenas compreendemos e o rancor sai e até abençoamos com amor a pessoa.isso acontece sem esforço..

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...