19 de fevereiro de 2008

Solidão

Somos todos sós.
Solitários em nossas dores,
sozinhos em nossas angústias,
únicos em nossos amores.
Somos todos sós.
Ninguém viverá por ti,
ninguém morrerá por mim,
ninguém sabe o que te aflige de verdade
e tua verdade nunca será descoberta inteiramente.
Somos todos fantoches dessa vida,
personagens de uma trama mirabolante
intérpretes de nós mesmos.
Escrevemos nossas histórias
mas não controlamos o que os outros escrevem,
e por isso,
somos afetados por mudanças bruscas em nossas vidas.
Somos independentes,
únicos,
passionais,
amorosos,
sentimentais,
inteligentes, mas não vivemos sós, apesar de nossa solidão.
Até mesmo quando amamos somos solitários,
pois o que sinto é só meu
e corre o risco de não ser o mesmo que penso ser sentido por mim.
Minha intensidade é uma e a tua outra,
mas somos iguais em solidão.
Nascemos assim, morreremos assim, no meio de muitos e entre todos, a sós.
A solidão chega até mesmo ser agradável, mas somente quando desejada.
O problema é que sempre desejamos companhia,
queremos alguém para dividir o que não é nosso,
repartir o que não temos,
dar o que não compramos,
entregar o que retemos.
Somos solitários e antagônicos.
Mas essa é a nossa magia e o nosso encanto.
Se por um tanto somos tão sós,
por enquanto temos a nós
...e nós,
quando estamos sós,
sabemos que a solidão é nossa melhor amiga.
O ruim da solidão é quando essa invade a tua alma com tristeza.
Isso dói.
Mas não pense que ser só é ruim,
pois essa solidão é para os outros
um alívio de ti e vice-versa.
A solidão é boa companheira nos bons e maus momentos, basta entende-la.
E tu me perguntas:
Mas solidão se entende?
E eu te respondo:
Sim, mas para isso é preciso estar só.

10 comentários:

  1. Alice,

    Você está apurando a cada dia a sua veia poetica...

    Esse poema é unico e extremanente verdadeiro, cheio de graça e de realismo.

    Bjs

    Janaína

    ResponderExcluir
  2. Se a solidão é voluntária, se o ser solitário é uma atitude de momentos, se solidão é uma opção de instantes, até eu sou um solitário e vivo momentos de solidão maravilhosa que tanto adoro. O problema são aqueles que vivem a solidão permanente e imposta pela vida.

    ResponderExcluir
  3. LINDO sentir !...porque essa é a mais verdade das verdades e como já diz o ditado, nascemos sós e morremos sós.
    A solidão por vezes é triste e cruel outras é boa ,eu me habituei em parte a ela e por vezes ela é minha maior companheira e amiga....com ela desabafo com ela estou e juntas vamos caminhando...
    Beijinho prateado com carinho
    SOL

    ResponderExcluir
  4. Alice, cada dia seus poemas estao mais e mais abrindo as portas do nosso coracao.
    Tem algo bem especial para vc lá em casa,rs.

    Beijao

    ResponderExcluir
  5. Bom dia querida!!! Tem algo bem especial para vc lá em casa,rs.


    Seu poema fala ao coracao e abre as portas dele tb.

    Beijao

    ResponderExcluir
  6. Mesmo estando... ando não querendo entender...
    Beijos Mila

    ResponderExcluir
  7. Será então tudo isto uma comédia de enganos querida amiga...post fabuloso...


    Doce beijo

    ResponderExcluir
  8. Oi

    O Blog tá muito legal!
    Bons posts!

    Parabéns!

    Abraço!


    Se puder visite!!!

    http://tiagoenes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Adorei. Me lembrou essa frase:

    'E o que há de se fazer com a verdade que todo mundo é um pouco triste e um pouco só?' [Clarice Lispector]

    beeijo;*

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...