8 de junho de 2008

Envelheçendo a Carne e Renovando a Vida...


E a noite foi entrando,
e devagarinho se instalando...
...e como quem nada quer
exibiu a sabedoria
de tudo o que já foi mas ainda é.
E na escuridão da idade
soprando com brandura sobre a cidade
uniu as almas dos velhos amantes
trouxe calma à antigos viajantes
e esperança aos novos caminhantes,
e acordou do sono os preguiçosos
e iluminou o coração dos invejosos
e derrepente,
como quem já fez o bastante,
gerou em todos a luz da doce aurora
restaurando a paz e a vida para o agora.

*****
Porque a vida passa e a gente envelheçe,
mas o espírito se renova a cada dia em amor e graça.

15 comentários:

  1. Concentrate to the things that could give information to the people.

    ResponderExcluir
  2. Alice,
    Foi como se vc tivesse escrito para mim. Apesar de ainda não ser um idoso, estou chegando lá e teu poema ajuda...
    Obrigado!

    ResponderExcluir
  3. Linda meditação menina dourada do sol de Ubatuba....
    Te desejo uma semana radiosa...
    Beijo enorme do ZC

    ResponderExcluir
  4. Amiga

    Permite-me fazer referência a esta tua passagem...

    "Porque a vida passa e a gente envelheçe,
    mas o espírito se renova a cada dia em amor e graça."

    Está tudo dito e para ti deixo um beijo cheio de carinho e amizade

    Luis

    ResponderExcluir
  5. Alice, como sempre muito bom. Como estamos todos caminhando para lá, espero que seja rejuvenescedor tb.

    Olha, vim te convidar para fazer parte do blog o que elas estao lendo. Gostaria de te enviar o questionário. Acho que vc poderia ter uns livros bem legais para dividir conosco. Fica a sua escolha.

    Eu pedi a Christiani, do blog De ponta a cabeca, que escolhesse um sobre a relacao de casais, evangélico ou nao. A Célia, acabou de me enviar Em seus passos o que faria Jesus.
    E vc se tiver um para dividir conosco seria bem legal também. Quem sabe algum relacionado a turismo? Ainda nao tivemos nenhum nesse gênero e se vc conhece algum. Fica livre e a seu critério a escolha do livro. Me confirma se aceita o nosso convite para que eu te envie o questionário, está bom?

    Grande abraco

    ResponderExcluir
  6. Querida Alice,

    Tão bonito!

    Um encanto!

    Obrigada
    Tenha um bom final de dia

    Um abraço
    viviana

    ResponderExcluir
  7. Fico feliz que tenha gostado,e voltarei sempre sim,com certeza^^
    Obrigado por 'me linkar'ao seu blog,pois quero muito fazer novas amizades;agora so estou dando uma passada rápida,e se nao se importar quando vier aqui com mais calma 'te linkarei' ao meu também.
    Ainda tenho muito a aprender sobre esse 'mundo' ^^
    Obrigada pelas boas vindas!
    Adorei o poema,um otimo começo de semana.

    ResponderExcluir
  8. Olá querida Alice adorei a tua reflexão sobrea vida... Parabéns e uma boa semana...Beijinhos de carinho,
    Fernandinha

    ResponderExcluir
  9. Cada vez que eu passo por aqui o visual tá diferente. Gostei demais desse.

    A gente envelhece e assim como nossas células, os pensamentos não são os mesmos e o espírito engrandece a cada sopro de vida.

    Bjs

    ResponderExcluir
  10. linda a reflexão, os outros textos tb...todos de sua autoria?

    ResponderExcluir
  11. ...sim! Suas palavras são muito felizes!
    Beijos de luz e muita alegria no seu coração...

    ResponderExcluir
  12. Querida amiga, bom dia.

    E a noite vem e vai se instalando devagarinho, e quanto despertamos, não existe mais tempo para viver.
    Um feliz dia dos namorados pra ti.
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Emocionando como sempre...
    O João, filho do poeta Manoel de Barros, disse a a ele ao por sol:
    - Papai, o dia está envelhecendo...

    Não é lindo isso?
    E pensar que amanhece todo dia e a vida nunca envelhece...

    Estou na área (devagarinho)
    Vou te lendo e babando.
    Um beijão grandão!!!!!!!!!!!!!
    ;)

    ResponderExcluir
  14. Este é apenas um plano terreno...tu és um jovem Anjo em viajem no Cósmos...

    Doce beijo

    ResponderExcluir
  15. Antes n�o queria envelhecer, mas agora, como j� vou na metade do caminho e afinal trabalho com os velhinhos, j� penso diferente. Tenho imenso respeito por um corpo cansado.

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...