31 de outubro de 2008

CANTEIROS

Quando penso em você fecho os olhos de saudade,
tenho tido muita coisa, menos a felicidade
correm os meus dedos longos
em versos tristes que invento,
nem aquilo a que me entrego
já me da contentamento.

Pode ser até manhã, cedo claro feito dia
mas nada do que me dizem me faz sentir alegria.
Eu só queria ter no mato um gosto de framboesa
pra correr entre os canteiros e esconder minha tristeza.

Mas eu ainda sou tão moço pra tanta tristeza
e deixemos de coisa, cuidemos da vida,
pois se não chega a morte ou coisa parecida
E nos arrasta a todos sem ter visto a vida...

...Eu só queria ser do mato com gosto de framboesa...


(Raimundo Fagner - anos 70)
aaiiii... que saudades !
...e essa musiquinha mexia tanto comigo !!
rsrsssss

20 comentários:

  1. Ai que eu tb gostava muito dessa música. Engracado foi que quando comecei a ler a música por aqui pensei: Upps, eu conehco essa letra, rs.

    Grande beijo e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkk,


    sai com a página do daniel, kakakakak,acabei de ver que ele postou e nao saiu da página dele

    Beijao Georgia

    ResponderExcluir
  3. E como mexia!!!
    "O aço dos meus olhos e o fel das minhas palavras..."

    ResponderExcluir
  4. Nem te conto a nostalgia que seu Post de hoje me deu...

    Obrigado!

    ResponderExcluir
  5. ahh eu adoro essa música! e dá gostinho de nostalgia mesmo.=]

    ResponderExcluir
  6. Eh saudade boa hein mana?
    Será possível que a gente não consegue se encontrar nessa aldeia??? Caramba...
    Feliz dia do seu amor, parabéns a ele e a você que tem sido a coluna dele.
    beijos!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. É menina,
    estamos sintonizadas com a música. Isso é bom. Cantar, cantarolar...do jeito que for, eleva a alma. E, música, com Fagner, é tudo de bom.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Recordar é viver!

    Amiga tem mais selinhos lá para vc.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  9. Alice, minha linda!

    Cantar faz muito bem para a alma, ainda que de vez em quando algumas músicas carreguem com elas uma certa nostalgia!

    Lindo teu post, amiga! Cantei a música enquanto lia. Gosto de Fagner, mas gosto mais de você, linda!

    Fica com Deus, sempre!
    Neli

    ResponderExcluir
  10. Oi Alice! Como vai?
    Eu adóro ouvir musicas antigas, exatamente pelas boas recordações que elas me trazem... Sempre que havia algo importante acontecendo em minha vida, havia também uma musica seguindo ao lado! Mas as musicas só me trazem boas sensações,e lembranças.

    PS: GOSTO MUITO DESTA AÍ, TAMBÉM... E DE MUITAS OUTRAS DELE!

    TENHA UM LINDO FINAL DE SEMANA!
    BEIJOS.

    ResponderExcluir
  11. Bom sentir o qwue mexe com a gente, na gente.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  12. Alice,
    Apesar do pouco tempo, vim visitar este lindo blog e deixar o meu agradecimento pela visita ao Sempre Jovens.
    Beijos
    João, serve de link

    ResponderExcluir
  13. Oie Alice!

    Quando comecei a ler o texto pensei que fosse uma poesia, mas no final me surpreendi com uma música, linda, que me fez pensar no meu amor, no quanto ele está me fazendo falta e quanto a minha vida está vazia...

    Bjs

    Janaína

    ResponderExcluir
  14. Olá m inha amiguinha Alice.
    como é bom ouvir Fagner.
    Recordamos muitas coisas boas.
    beijos e uma semana abençoadad por deus.
    Amiga, obrigado por sua visita ao meu cantinho.

    beijos.

    Regina Coeli.

    ResponderExcluir
  15. Olá m inha amiguinha Alice.
    como é bom ouvir Fagner.
    Recordamos muitas coisas boas.
    beijos e uma semana abençoadad por deus.
    Amiga, obrigado por sua visita ao meu cantinho.

    beijos.

    Regina Coeli.

    ResponderExcluir
  16. Alice:
    Adoro Fagner. Esta música, então. Muito boa.

    Adorei sua visita no Sonho da Linha.
    Seu comentário também.
    Valeu!

    ResponderExcluir
  17. eeehhhh, musiquinha linda,a liceeee, ei tb adoro ler vc! tudo aqui é tão perfeito ^^ bjs, amore

    ResponderExcluir
  18. Alice,

    Obrigada pela visita no meu blog, eu estou sempre passeando no seu, rsrsr
    Vi esta música linda que sempre mexeu comigo também.
    Beijo grande pra você!

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...