14 de dezembro de 2008

TALITH

E então me dobro e minh'alma levanto
tomo em minhas mãos todo o meu pranto
e num sussurro eu canto.
Canto uma canção que me traga paz
ou até mesmo uma canção de ninar
e novamente consigo romper em mim, e acreditar.
E assim cantando
oculto em meu manto santo,
que me esconde e me ofereçe um canto
onde por ELE sempre me renovo,
como por encanto.

24 comentários:

  1. Olá Alice!

    Tenho o grato prazer de ler este texto que me deixou impressionado!

    Escreve muito bem e com profundidade!

    Continuarei a seguir as suas prosas para que possa aprender a qualidade e o gabarito da sua escrita!

    Beijinho,

    Renato

    ResponderExcluir
  2. Alice,

    Desculpe mas esqueci de lhe lembrar que se esqueceu de me responder no seu último post!

    Boa semana de trabalho.

    Beijinho,

    Renato

    ResponderExcluir
  3. Querida Alice, belíssimo texto Amiga... Chegou ao meu coração... Beijinhos de muito carinho,
    Fernandinha

    ResponderExcluir
  4. Alice, minha querida!

    "Canto uma canção que me traga paz"! Amém, linda!

    Você escreve lindamente, minha amiga!

    Que Deus derrame todas as bênçãos neste teu coração tão lindo e tão generoso, amiga!

    Desejo de coração que seu trabalho novo seja leve, agradável e muito prazeroso!

    Uma beijoca carinhosa,
    Neli

    ResponderExcluir
  5. Querida Alice,

    A gente lê e fica emocionada...

    Quanta beleza de alma!

    Quanta dependência do Pai!

    Quanta busca!

    Quanta entrega!

    As suas palavras passam direitinho do post para o nosso coração.
    E ficam cá!

    Obrigada, amiga linda.

    Bençãos.

    Um beijo
    viviana

    ResponderExcluir
  6. Um texto em forma de oração,lindo amiga.

    Uma semana maravilhosa prara vc tb.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  7. Alice, tu estás cada vez melhor!! Que lindo. Fui lendo e até parecia que estava cantando. Será que não dava para criarem uma música? Quem sabe?
    Um beijo, amiga. Vou passando e lendo alguns momentos. Sabes que gosto de ti. Muac!

    ResponderExcluir
  8. Gosto quando as palavras valsam, e ainda mais se tratando de um louvor divino... Deus está muito contente, pois seu nome é uma ponte, que você subsidia...

    ResponderExcluir
  9. Renato,


    estou muito feliz em te-lo aqui comigo ! Tentei visitá-lo pelo seu link no comentário , mas não consegui. Deixe-me seu endereço na net para contactarmo-nos mais vezes !!
    Esteja sempre aqui e que Deus te abençoe !


    Fernanda,

    e eu qdo leio teus versos sempre me emociono... qdo falaste sobre a montanha fiquei toda emocionada com as fotos eas palavras tão bem "costuradas" por vc !
    bjks no seu coração

    Neli,

    Obrigada por seu carinho e pela torcida por meu trabalho. Começo hoje, e espero ser mesmo uma benção para aqule lugar.

    bjkas pra vc minha linda e boa semana !


    Viviana,

    suas palavras sempre abençoam meu coração.


    Aninha,

    vc é encantada, sempre está presente com seu carinho e atenção. Poucos conseguem ser assim.

    mil bjkas pra vc

    Joice querida e admirada,

    vc sempre doce e otimista ! admiro-te por sua postura viva e eficaz !

    bjussssssssssssss


    Abraão,

    adorei tua visita !! venha sempre e sinta-se em casa ! estou indo te conhecer.

    bjussssssssssss

    ResponderExcluir
  10. A música tem esse poder misterioso e maravilhoso de nos trazer paz, nos fazer crer e nos renovar.
    Valeu!!!

    ResponderExcluir
  11. Como sempre muita paz e serenidade, faz-me bem ler as suas coisas...
    beijinho e boa semana

    ResponderExcluir
  12. até dá prá ouvir/sentir...
    Alice, você é linda!!!
    beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá Alice,

    Sabe que não tenho o tempo que desejava ter, neste momento!

    Mas, no futuro próximo, irei ter mais tempo livre para dar azo às minhas "loucuras"!

    Entretanto envio-lhe o meu endereço:

    renato_oliveira@tele2.pt


    Beijinho,

    Renato

    ResponderExcluir
  14. Alice,

    O texto por si só já é melodioso. Muito bonito.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  15. Amiga Alice

    Para mim é sempre um prazer, rasgar o oceano através deste espaço virtual e conhecer o que de tão belo escreves por ai...

    Adorei ler

    Com amizade
    Luis

    ResponderExcluir
  16. Lindo, você não imagina e alegria que me dá ler teus escritos, obrigada.

    BOAS FESTAS
    FELIZ ANO NOVO

    ResponderExcluir
  17. Venho, em meu nome pessoal como autora do post “Amar”, e em nome de Líria, como administradora do blog OLHAI OS LÍRIOS DO MACUÁ, agradecer a visita com que nos honrou.
    Esperamos poder continuar a contar consigo.

    Beijinhos
    Mariazita

    No tempo de aulas não poderei fazer tantas visitas como gostaria, mas os estudos estão em primeiro lugar.
    Conto com a vossa compreensão e carinho. Venham sempre.

    Um grande beijo
    Líria

    ResponderExcluir
  18. Você conseguiu traduzir em palavras um momento que dificilmente qualquer carnal que não tenha experimentado possa entender. A adoração por meio do louvor foi uma das experiências mais fortes que tive na vida. É realmente quando a gente sente que há um mundo espiritual desconhecido, onde habita um Grande Deus, ao qual conhecemos tão pouco mas constrangemo-nos com Seu amor.
    Abraços.

    PS (roubarei suas poesias para guardar em meu baú!)
    bjo!

    ResponderExcluir
  19. Alice!!! Nesta época do ano é mesmo muito trabalho e aproveita mesmo.

    Um grande beijo

    ResponderExcluir
  20. Mais que um texto, uma oração!
    Que sinto saudades daqui! Sempre que leio o que dizes, sinto paz, serenidade...
    Lindo! Lindo!
    Amém!!

    ResponderExcluir
  21. Caríssima amiga Alice, a suavidade do poema-texto é condutora de uma paz quase mágica, e vamos sendo parte dessa linda oração como se nossas almas estivessem unidas num só propósito de louvar ao nosso Senhor.

    É deveras reconfortante ler suas lindas mensagens.

    Deixo meu fraterno abraço amigo.

    ResponderExcluir
  22. Olá, uma mulher querida sempre me diziia: quem canta reza duas vezes, bom isso pode parecer religioso, sendo ou não...aind acredito que cantando podemos elevar a nossa alma a um santuário branco, pacífico, silencio e calmo.
    Um lugar onde poderemos nos encontrar.

    Beijos.

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...