12 de janeiro de 2009

E O QUE É QUE HÁ ?


Há um certo cansaço
uma certa dor e um certo laço,
Há o meio e o estilhaço,
e muito desprezo pela dor do palhaço
Há o que a vida não consegue dar
e o que a morte não pode tirar
Há a fome que não sacia
e muita alma faminta de alegria
Há a vida bem vivida
e muita vida impedida
Há o bom e a há o mau,
muito açúcar e pouco sal,
destempero na doçura
e muito excesso para o mal
Há o mundo e a gente
que faz tudo acontecer,
Há o bem que a gente sente
e o mal que se faz sem nem saber.
Há de tudo nessa vida
sendo um sim
ou sendo um não
Há muita gula sem medida
e pouca medida para um pão.
Há o fui e o voltei
o que vi e o que não sei
Há quem viva como rainha
e quem sofra como um rei.
Mas de tudo o que há na vida,
(seja ela bem vivida ou mal parida),
o bom mesmo é só guardar
o bem que te faz
poder amar !

19 comentários:

  1. Alice,

    fico embasbacado com sua facilidade em burilar as palavras!

    beijo,

    Roger

    ResponderExcluir
  2. Roger, com certeza, a Alice é uma "bruxa". Bruxa não, maga.

    ResponderExcluir
  3. Querida Alice,

    Muito interessante e lindo.

    Um abraço

    viviana

    ResponderExcluir
  4. Alice, amei o seu poema, a facilidade que você tem em versejar com "sustança"

    Lindo, lindo

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Não há palavra que defina o teu primor. Tudo canta, encanta, e na alma dança...

    ResponderExcluir
  6. Alice, minha querida,

    "Mas de tudo o que há na vida,
    o bom mesmo é só guardar
    o bem que te faz
    poder amar!"

    Eu amei teu poema! Que Deus abençôe sempre a tua escrita, e todos os sentimentos que expressas com ela!

    Linda!!!!!!!!!

    beijinhos,
    Neli

    ResponderExcluir
  7. e pra quem não ama, só resta o sentar, sonhar, e esperar....

    ResponderExcluir
  8. Estou encantada com as suas poesias e seus textos!
    Gostaria de te pedir a licença para colocar um deles em meu orkut.
    Desde já agradeço!

    Parabéns! Que Deus continue iluminando e te dando esse lindo dom de escrever maravilhosamente bem!

    ResponderExcluir
  9. Estou encantada com as suas poesias e seus textos!
    Gostaria de te pedir a licença para colocar um deles em meu orkut.
    Desde já agradeço!

    Parabéns! Que Deus continue iluminando e te dando esse lindo dom de escrever maravilhosamente bem!

    ResponderExcluir
  10. Vc tem uma facilidade para escrever que é impressionante. E escreve coisas lindas...

    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Alice, poetisa de mão cheia!!!
    Ou será de cabeça cheia? rsrsrs
    Lá no meu humilde Blog, tem um Desafio Lúdico para você(s)
    Participe e nos alegre com as suas palavras...
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Passei te desejando um lindo fim de semana e deixar-te um recadinho...
    "Não á uma altura ideal para partir...Parte,simplesmente e continua a viver e a amar.Não tens tempo para sempre..."
    Beijinho prateado

    SOL

    ResponderExcluir
  13. O AMOR
    Amo o amor que se reparte
    em beijos, leito e pão.
    Amor que pode ser eterno
    mas pode ser fugaz.
    Amor que se quer liberar
    para seguir amando.
    Amor divinizado que vem vindo
    Amor divinizado que se vai.

    Pablo Neruda

    Passei para desejar-lhe um final de semana cheio de amor e felicidade.
    Abraços

    ResponderExcluir
  14. Belo resumo do passar de uma vida, nem sempre se consegue impedir que a tristeza nos invada....

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...