27 de março de 2009

Somos Dalits

Somos todos Dalits.
Solitários, perseguidos, maltrapilhos, peregrinos, amaldiçoados.

Somos Dalits quando estamos pobres, doentes, errados, em pecado ou então, bem demais.

Somos Dalits quando precisamos do SUS, dos advogados, da polícia, da justiça, das igrejas, de emprego ou de dinheiro .

Somos Dalits quando não frequentamos a igreja mais famosa, quando não seguimos as doutrinas mais conhecidas ou quando questionamos as autoridades.

Somos Dalits quando agimos como Bereanos, quando buscamos a verdadeira e única verdade, quando não aceitamos falcatruas e mentiras, quando dizemos apenas SIM SIM ou NÃO NÃO.

Somos Dalits quando declaramos que cremos em Deus acima das circunstancias, quando amamos os leprosos, prostitutas, gays e paralíticos , quando sorrimos para quem não se deve sorrir, ou quando consolamos os condenados.

Somos Dalits.
Dalits excluídos de uma sociedade de alta casta, rica e dominadora que é capaz de expor as feridas abertas dos corações humanos pelo simples prazer de se sentir maior ou melhor por alguns instantes.

Somos Dalits quando somos violentados por mentiras deslavadas, quando somos apedrejados por nossas escolhas pessoais, quando somos expulsos por representarmos a Cristo e a simplicidade inaceitável de seu simples evangelho.

Somos Dalits simplesmente porque não agradamos, adulamos, adoramos, louvamos, exaltamos, aceitamos, compactuamos ou assumimos as ações deslavadas do "príncipe desse mundo" (o tal de "coisa-ruim").

E ...Graças a Deus, somos Dalits !!!

10 comentários:

  1. Ôpa, chegando uma dalit aqui, e já vou logo tascando minha sombra neste chão.

    Quem quiser que passe por cima, quem não quiser que dê a volta,mas daqui eu não saio daqui ninguém me tira!

    ResponderExcluir
  2. Amor,

    Pegou na veia!

    Imagine só, o tamanho da minha sombra, muita gente vai ter que mudar de rua para não ter que pisar nela.

    Ti amo

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkk..... é isso aí Bete !!!


    Amor, é uma baita-sombra !! hehheeee...

    ResponderExcluir
  4. É, Alice querida,

    Parece que todos somos Dalits mesmo.

    Tenha um fim de semana abençoado, linda!

    Ah, também quero conhecer vocês!!!!!!!

    beijocas,

    Neli

    ResponderExcluir
  5. Querida Alice

    Já fui Dalit em diversas situações, mas acho que só somos Dalits quando nos sentimos Dalit.

    Depois superamos esse sentimento e somos os mais queridos filhos de Deus!

    Beijo, irmãzinha!

    Talita

    ResponderExcluir
  6. "Somos Dalits quando declaramos que cremos em Deus acima das circunstancias, quando amamos os leprosos, prostitutas, gays e paralíticos , quando sorrimos para quem não se deve sorrir, ou quando consolamos os condenados."

    Alice, Alice...
    você sabe ein? e o melhor você sabe que Deus é Vida.

    -momentos únicos de fervorsa análise-

    beijos.

    ResponderExcluir
  7. Acabou de chegar mais um aqui...

    Fim de semana de luz.

    beijooo

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Entendo perfeitamente a íltima parte de seu poema...
    Posicionar-se contra o diabo é pedir para ser dalit mesmo...
    Lindo texto...
    Fique com Deus.

    ResponderExcluir
  9. Encontrou mais uma Dalit.
    Estava sumida, mas vou voltar sempre pra ver suas postagens.
    Beijosssss

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...