19 de junho de 2009

Meu Canteiro de Obras


Minha vida é mesmo um canteiro de obras, ...e está sempre uma bagunça.
Quando penso que entrei no acabamento, descubro novas paredes que tenho para levantar, rachaduras a tampar, vazamentos para arrumar.
Chego a conclusão que viver é estar sempre a construir...e algumas vezes a reformar, refazer, ou até mesmo a destruir.
Preparamos a terra, limpamos o terreno, lançamos os alicerces e vamos pouco a pouco levantando nossos edifícios.
Paramos algumas vezes, por falta de grana, por falta de mão de obra, ou por seja lá o que for(desânimo, decepções, preguiça, enganos...)..... E o tempo vai passando e nossos edifícios sendo construídos.
Outras vezes me levanto determinada a acabar essa bendita obra, coloco minha "roupa de guerra" e literalmente enfio a mão no cimento.
Vou levantando um pedaçinho aqui, outro ali, colocando um azulejinho aqui, um pedaçinho de piso ali, ... compro uma plantinha pra colocar aqui, um quadrinho pra por ali ... e quando penso que a lida terminou, descubro que tudo o que fiz com tanto empenho, quando visto por outras pessoas, sequer apareçe.

Aí penso: - Ora bolas!...estou construindo para mim ! Que se dane a opinião alheia !!!

Doce mentira....

Tudo o que construímos, construímos para sermos felizes com alguém, sejam nossos amores ou nossos amigos...
Construímos porque queremos receber, queremos a casa cheia, queremos a alegria e a mesa farta, e queremos mesmo é jamais estar só.
Resolvi que agora vou acabar somente um cômodo.
Quem sabe o quarto (pra poder ouvir e contar nossos segredos) ou a sala (para podermos assistir um bom filme na TV) , ou até mesmo a cozinha ( com aquele cheirinho de café fresquinho ), se bem que o banheiro seria mais útil (porque muito papo as vezes mexe com o estômago da gente), ou o quintal com a churrasqueira (onde podemos rir e bebericar comendo uma linguinçinha com pão fresquinho )...sei lá, mas alguma coisa vou terminar.
Agora, vou pegar minha "marmita" e aquece-la ao sol do meio-dia, vou comer meu arroz com ovo frito e começar novamente minha lida....AAh!! ... e acabo de me decidir !! ....Vou terminar o corredor, afinal, o corredor dá acesso a todos os cômodos e assim, e como sempre (e porque não??)...agradarei a todos.

Fui !

17 comentários:

  1. Minha irmã, seu jeito de poetisar é bom; e, o de prosear é melhor! Um jeito de escrever despojado, livre, caseiro...
    Aproveito para mandar abraço do alto da Serra do Bodopitá, na Paraiba, para todos os irmãos e irmãs do interior de São Paulo!

    ResponderExcluir
  2. Que delícia de crônica!!!

    Enquanto construimos é porque a esperança está viva em nossa alma.

    Com certeza construimos para estar junto e desejamos que percebam nossas construções,nossas arrumações!!!

    Amei ler este post,me fez pensar em detalhes que não me dava conta,pois também estou ,sempre,em eterna reforma...

    Beijos esperançosos!

    Sonia Regina.

    ResponderExcluir
  3. Construa também para si..
    egoísmo, uma gota só, não mata.. constrói!

    Abraços!

    Poetíssima.

    ResponderExcluir
  4. Gostei da metáfora, "minha vida é uma canteiro de obras".

    Encaixa direitinho no sentido da vida, como pude ver ao ler seu texto.

    Bom!
    Bejo!

    ResponderExcluir
  5. Alice,

    Apesar dos anos,ainda é tempo de construir!Construa.
    Sei pelo que cantou e contou aqui,que já construiu para muuuitos.
    É hora de construir pra você,levanta,
    luta,vai atrás da vida,faz seu "canteiro de obras".Que Deus abençoe
    você!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Minha vida tb é um canteiro de obras amiga,que nunca chega a finalização.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  7. Na verdade, você construiu também um belo texto criativo, inteligente e inspirado.

    Poético abraço.

    ResponderExcluir
  8. É bom termos sempre alguma obra em andamento, seja ela de cimento ou outro tipo de obra. Somos sempre um vaso na mao do Oleiro.

    Uma semana de bencaos prá vocês e que bom saber que que Deus tem ouvido as nossas oracoes.

    Um beijo grande

    ResponderExcluir
  9. Adorei ler este texto... não sei se agradará a todos conforme o refere, mas a mim, agradou.

    Parabéns

    Com amizade
    LUis

    ResponderExcluir
  10. Amei!!!

    Espero conhecer a sua obra, a concreta e a interna!!!

    Parabéns, querida!

    ResponderExcluir
  11. Alice!

    Manda bronca no post! Citando a fonte nem precisa pedir. Vc já é de casa!

    Kisses


    Danilo

    ResponderExcluir
  12. Uma das melhores coisas da nossa vida é quando nos damos mesmo conta de que a nossa obra ainda nao terminou! E continuamos nossa empreitada!
    Lindo texto! Absolutamente nada a acrescentar. Está perfeito Alice!
    beijos e um dia cheio da paz e do amor de Cristo.

    ResponderExcluir
  13. Ai, esse post é encantador. Que bem escrito! Que bonito! Como prende a atenção e distrai a um só tempo.
    Convida a refletir, pela alegoria da obra em sempre andamento. Antes de mais nada, para mim, foi agradável esta visita aqui. Parabéns, anfitriã. Que seu blog continue este país de maravilhas aonde a gente sabe que sempre vai querer voltar, ver todos os compartimentos, compartilhar enfim de tão boa prosa e companhia,com churrasco, café e tudo, até televisão.

    ResponderExcluir
  14. Querida Alice

    Que delícia de texto!
    Tão encantador!
    Tão agradável de ler,,, de entender...

    Tão cheio de ensinamento precioso!

    È mesmo, boa amiga.
    È preciso sempre recomeçar...
    Sempre construir...

    Nunca baixar os braços.

    E o Pai diz:

    "Levanti-vos e andai.
    Pois não será aqui o vosso descanso."

    Um beijo boa amiga

    Informo-a que há lá no mu cantinho um presentinho para si.

    Viviana

    ResponderExcluir
  15. Olá amiga querida.
    Concordo com tudo que a Marlene falou.
    nada a declarar.
    Está lindo...
    Beijinhos doces, minha amiga.
    Fique na paz.
    Uma semana de muitas bençãos.
    Regina Coeli.

    ResponderExcluir
  16. Belo blog Alice!
    A tua frase: "Chego a conclusão que viver é estar sempre a construir..." reforça a minha convicção de que Deus não tem apenas um "plano para cada vida". O Pai tem muitos planos para cada um de nós. Quando frustramos algum dos seus planos, Ele nos dá oportunidades, como frisa você, para voltarmos "... algumas vezes a reformar, refazer,...".

    Paulo Silvano

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...