4 de junho de 2009

Meu canto, meu lamento

Existe um canto em mim
que só canto
quando me retiro pro meu canto
um canto de lamento
onde exponho num momento,
todos meus medos e tormentos
Canto até molhar meu canto
até que como por encanto
meu canto silenciasse o pranto
e ouvindo o meu lamento
cessasse todo meu tormento
Esse canto me arde alma
rasga minha carne
e me arranca a calma
mas depois é brisa fria
a renovar suavemente minha alegria
Preciso tanto desse canto
desse lamento e desse encanto
pois depois de lavar meu pranto
volto ao meu canto
e dessa vez,
sem lamento ou tormento
canto.

12 comentários:

  1. Querida Alice

    Você fez do canto o seu desabafo: você canta, expõe seu lamento, seus medos, seus tormentos, rega com lágrimas... Esvazia a lma do que está sndo pesado e ficaom ela levinha, levinha.

    Que belo mecanismo esse que Deus, na sua grande sabedoria, criou, hein!

    Depois, inspirado nisso, o homem criou a válvula da panela de pressão! rsrsrs

    Beijo procê e pro Tatá!

    Talita

    ResponderExcluir
  2. Desculpe o monte de letras faltando no meu comentário. Meu teclado está do-dói!

    Talita

    ResponderExcluir
  3. Alice querida,

    Antes de qualquer coisa, gostaria de falar sobre a necessidade de se "colorir o que na vida desbotado está"...amiga, por aqui está tudo muito colorido, muito lindo!

    Acomeçar com as tuas tulipas, e depois com este teu canto /lamento/canto...muito lindo, muito tranparente, muito Alice!

    beijinhos de admiração, amiga!

    Nelita

    ResponderExcluir
  4. Fazer do canto um lamento com que se lava o pranto é ser sábio,é ser sensível,é ser poeta!

    Lindo canto,lindo lamento já sem pranto!

    Um abraço!Sonia Regina.

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    Passando para conhecer seu belíssimoespaço e desejar um lindo final de semana e muita paz em seu lar.

    Smack!

    Edimar Suely
    jesusminharocha.blig.ig.com.br

    ResponderExcluir
  6. Lindo texto..

    Um canto necessário para todo ser humano conversar com sua alma e sossegar.
    Saudações
    Beatriz

    ResponderExcluir
  7. Que dizer diante dum pranto...um lamento que ao descrevê-lo conseguimos sentir cá dentro de nós...
    Beijinho prateado..

    SOL

    PS. Tenho um amigo que tem um blog de poesia,pessoa humilde que nasceu com uma mente poética. Axo que é digno de ser lido, se quiseres visitar vai a www.jomanell.blogspot.com e o nome do blog é: IMAGINÁRIO.
    Obrigada BJIS

    ResponderExcluir
  8. QUERIDA ALICE, LINDO TEXTO DE TOCAR O CORAÇÃO E TOCOU O MEU... ABRAÇOS DE CARRINHO E TERNURA,
    FERNANDINHA

    ResponderExcluir
  9. Alice, sua sensibilidade me comove. Consegue expressar em lindas palavras tudo que sentimos em algum momento de nossas vidas. Eu também tenho esse canto. É bom demais!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Querida amiga Alice.
    Um lindo canto, um lindo lamento.
    Um texto de muito amor no coração, nos toca profundamente.
    Lindo, divino.
    Uma semana de bençãos para vc. Regina Coeli.

    ResponderExcluir
  11. Alice,


    Diante do teu canto,silencio,pra te ouvir cantar...


    Beijos

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...