10 de julho de 2009

Incendiando

O que é a vida senão um ofegante respirar,
um rápido estar ou um breve desejar?
E que graça terá a vida se eu não me entregar,
se eu não mergulhar ou se eu não amar?
Breve sopro ou pequena fagulha a vida é,
mas se com amor sobre a fagulha eu sopro
qual grande fogo se torna a vida, não é ?

11 comentários:

  1. Por isso que se diz do Mestre que Ele jamais apagaria a pequena chama, pelo contrário, Ele a sopra e faz a labareda aumentar.

    Essa foto aí tá linda.

    ResponderExcluir
  2. A vida deveria ser sinônimo de alegria e "bom ânimo".

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Alice!


    O amor faz milagres, o amor faz
    a vida brilhar, o amor faz a vida queimar de emoção!!

    Lindos versos, os seus!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. a vida é
    e nós somos
    simples assim
    forte assim.

    você é vida
    e eu sou um pouco
    de você.

    beijos Alice,
    e te sinto.
    fica com Deus.

    ResponderExcluir
  5. 'E a vida.. e a vida o que diga lá meu irmão?!'

    ResponderExcluir
  6. Amei Alice, a vida é tudo isso sim !!!
    Vamos vive-lá.

    Beijosssssss

    ResponderExcluir
  7. A vida é simplesmente seiva que nos faz amar desejar e tudo querer. Um bjo.

    ResponderExcluir
  8. Se cada dia cai, dentro de cada noite,
    há um poço
    onde a claridade está presa.
    há que sentar-se na beira
    do poço da sombra
    e pescar luz caída
    com paciência.

    Pablo Neruda

    Desejo um belo domingo e uma linda semana.
    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Alice querida,

    Gostei do post, amiga!

    Aliás, mesmo quando não deixo comentários, sabe que passo por aqui, não?

    Eu adoro este fogo que é a nossa vida!!

    beijo carinhoso,

    Neli

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...