15 de março de 2010

Canseira


Um dia eu ainda morro
e vou pra onde ninguém conhece
vou saber o que há lá em cima
nesse lugar de onde não se desce
Vou enfim em mim acabar
e por fim de mim findar
e quem sabe com muita insistência
vou também poder voar
( e pode ser até que eu mereça,
finalmente
... descansar.)

3 comentários:

  1. Alice:

    Você está precisando de um bom banho de mar para relaxar e renovar as suas energias, afinal, ninguém é de ferro!!!

    Se eu estivesse aí iria todas as tardes dar uma relaxada no mar... não tem coisa melhor, amada.

    Já que não posso ir aí tão cedo, faça isto por mim e me conte no que deu... rs

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá, Poetisa,
    Peregrina no País dos Pensamentos!

    Obrigado pela visita,
    pelo doce elogio.

    Um abraço fraterno,
    Elias Aguiar

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...