9 de julho de 2010

Eu e meu violão

...eu e meu violão somos grandes amigos.
Confidentes nas madrugadas, adoradores incontroláveis.
Com ele eu realmente me entendo.

Seja em sol ou em ré, em si ou em lá, bemol ou sustenido, o que importa é que nos entendemos...e para isso nem precisamos ser "experts" em música.
Um canto, no canto e pronto : Nos encantamos em sons e acordes.

Já dizia Caetano:
Como é bom poder tocar um instrumento...
Com ele adoçamos a alma, vingamos a vida, cantamos o amor, declaramos fraquezas, assumimos posições e descobrimos que ainda somos capazes de fazer de nós mesmos uma simples partitura.

...eu e meu violão somos grande amigos.
Muitas vezes estamos sós, mas quase sempre, ao nosso redor sentam-se aqueles que querem cantar, sorrir ou simplesmente celebrar e se emocionar...Sentam-se aqueles que conosco adoram, louvam e declaram , sem restrições, o amor.
A nossa volta sentam-se os anjos.

...eu e meu violão somos grandes amigos.
Inseparáveis desde a infância e definitivamente unidos por uma indescritível paixão, somos capazes de esquecer tudo somente pelo prazer de ouvir o som de nossas cordas, somente pelo prazer de nos unirmos num gozo musical e sem preconceitos ou fronteiras, onde as escalas, os tons e os acordes nos fazem mais leves, mais suaves, mais livres e soltos para amar.

...eu e meu violão somos grandes amigos, e isso nos basta.

11 comentários:

  1. Me apaixonei por este texto.
    Toco violão, e teu post realmente soube expressar como me sinto tocando, rsrsrs
    Adorei!!!

    BEijos, tenha uma boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Oi Alice!

    Seu texto me inspira a recomeçar com o violão! Raramente tenho tempo para esse amigão que ele sempre foi...
    Abraço do alto da Serra do Bodopitá, aqui mesmo, na Paraiba.

    ResponderExcluir
  3. Teu blog é lindo
    tenho um violão aqui do meu lado, que me olha á dois anos esperando ser tocado, porem nunca toquei-o
    Talvez eu devesse me dedicar ao violão!
    È, acho que irei me dedicar a aprender seus acordes.
    Adorei o blog, ja estou seguindo
    beijão
    (segue o meu tambem http://thaiswinck.blogspot.com/)

    ResponderExcluir
  4. Teu blog é lindo
    tenho um violão aqui do meu lado, que me olha á dois anos esperando ser tocado, porem nunca toquei-o
    Talvez eu devesse me dedicar ao violão!
    È, acho que irei me dedicar a aprender seus acordes.
    Adorei o blog, ja estou seguindo
    beijão
    (segue o meu tambem http://thaiswinck.blogspot.com/)

    ResponderExcluir
  5. Amiguxinha.

    Agora que entendi a do Sol, Rsrsrsrs.
    Olha a minha inocência fazendo arte... um poema para a lua... rsrsrs

    Bjss

    ResponderExcluir
  6. Lindas palavras que expressam uma musicalidade e sintonia entre o autor e o violão... Dá até vontade de ouvi-lo juntos, que dupla!

    ResponderExcluir
  7. Querida Alice

    Por responsabilidades familiares, há algum tempo que não posso visitar os amigos.

    Passei para espreitar e deixar-lhe um grande abraço

    viviana

    ResponderExcluir
  8. Oi, Alice

    Estou cá pra te convidar para a blogagem coletiva: “Tempos de criança”, em virtude do aniversário de dois anos do meu blog. A intenção é narrar livremente imagens, memórias e impressões da infância, e no quanto isso foi importante para sua vida. Pode ser em poema ou prosa, como preferir...
    Quero comemorar em grande estilo com a participação de todos no dia 16 de Julho (sexta-feira) a partir das 9h00 da manhã. Muito obrigado, e espero sua confirmação até quinta para expor na minha página os endereços dos respectivos blogs integrantes.

    Abraços e beijos,
    Do menino-homem

    ResponderExcluir
  9. Alice, que belo texto. Sei como é essa sensação, pois também faço um sonzinho no violão, apesar que ultimamente não tenho praticado muito.

    beijos

    ResponderExcluir
  10. Passando para agradecer sua confirmação e lembrar que o texto será postado no seu próprio blog, com o título “Blogagem coletiva: Tempos de Criança”. Começaremos na sexta (16 de Julho) a partir das 9h00 da manhã até o final do dia. É interessante que você dialogue com os outros blogs participantes, visitando-os e comentando sobre as memórias da infância – todos os endereços serão disponibilizados na minha página nesta noite. Ainda sobre os escritos, pode ser da forma que lhe convir, o importante são os sentimentos e recordações...
    Um abraço apertado,
    Até sexta!

    Jesus na frente...

    - qualquer dúvida, email: abraaovitoriano@hotmail.com -

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...