25 de janeiro de 2011

Há um grito
que
em
minh'alma
de menina
sufoca.
Há um sol
que
em
meus
olhos
de menina
arde.
Há um mar
que
em
meu
coração
de menina
esbraveja.
Há um céu
que
em
meus
sonhos
de menina
venta...E há uma menina,
que tenta,
olha,
procura,
chora,
e teima,
num corpo de mulher.

7 comentários:

  1. tão tão BOM
    te encontrar aqui!

    você, menino ou mulher
    é meu bem!

    fique com Deus!

    beijos,
    do homem-menino

    ResponderExcluir
  2. há vida
    nada é em vão
    há emoção
    porque tem coração
    amei
    estar aqui
    em sua
    postagem!

    Abrabeijo!
    Pri.

    ResponderExcluir
  3. Graça e paz!

    Hoje não estou passando para opinar sobre as dilétas postagens, mas para fezer um convite, quero convida-los a conhecer o meu espaço, um blog que fala sobre os dois lados da moeda na igreja, mesclado com detalhes do nosso cotidiano sangrento. Aguardo a visita.

    Abração.

    www.emterradecego11.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Alice!

    Depois das férias, estou passando por aqui para saber como estás e mandar aquele abraço de sempre da Paraiba.
    Amei o poema...

    ResponderExcluir
  5. Nossa, vc é uma grande escritora !parabéns...!
    Dá uma visualizadinha o meu blog também é www.fatospoematicos.blogspot.com

    Bjs.

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...