27 de abril de 2015

Daquilo que pesa

Daquilo que pesa quero me livrar
Daquilo que pesa tenho que insistir
Daquilo que pesa não consigo me livrar
Daquilo que pesa ninguém deseja repartir
Daquilo que pesa...um dia me acostumo
É nem o peso mais me tira o prumo...
Porque é daquilo que pesa
Que rego minha fé e faço minha reza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...