18 de agosto de 2007

Reflexos

Quem te disse que eu sou o que você vê ?
Sou apenas o reflexo daquilo que você deseja que eu seja. Não sou seus pensamentos e minhas vontades não são as suas, ainda que tantas vezes você queria que eu seja do seu jeito, da sua maneira , da sua cor... não sou você, sou eu.
E como "eu", sou cheia de defeitos, e é neles que tiro o maior aprendizado, é com eles que cresço e aprendo o que você nunca me ensinou, eu sou o que posso ser, o que consigo ser, e nem sempre o que quero ser.
Pare de procurar em mim o que não encontra em você e me deixe viver o que sou, nos meus defeitos e qualidades, e eu farei o mesmo com você.
Afinal, "ninguém e tão bom quanto se diz e nem tão mau quanto se fala".
Somos apenas assim, reflexos de nós mesmos em águas turvas.

Um comentário:

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...