18 de novembro de 2007

Palavras

Existem palavras que jamais poderão ser ditas,
apenas escritas ou pra sempre caladas.
Desenhar a alma é assim:
não se diz,
ou se escreve ou se guarda.

11 comentários:

  1. Tenho dificuldade em comentar poesia. Geralmente, o poeta arranca cada palavra do fundo de sua alma e não consigo tecer comentários. Talvez, a poesia seja a única forma de dizer essas palavras, caso contrário, é como você disse.

    ResponderExcluir
  2. Mas que beleza magnífica. As palavras lavram-nos a alma, cultivam-nos o pensamento, alimentam-nos o coração de tanta paixão e amor sincero.

    ResponderExcluir
  3. Sim, tem palavras que só tem significado se forem escritas.
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. E há significados que ñ se consegue discernir.Como dizia Fernando Pessoa:
    "O poeta é um fingidor
    Finge tão completamente
    Que chega a fingir que é dor
    A dor que deveras sente...."
    Lembrei-me deste trecho,a propósito de mim..
    bjjj:))

    ResponderExcluir
  5. Você sabe o quanto temos em comum, irmãs de alma é o que somos de verdade.
    Me perdoe o afastamento mana, mil coisas, na saúda, na cabeça, na vidinha da gente... Me sinto assim também..prisioneira.
    Amo você.

    Vejo que está dando umas voadinha no template, gostei. Vê se acha logo a imagem que quer p´ra gente mudar tudo e deixar mais do seu jeito.

    De novo...amo você.

    ResponderExcluir
  6. Palavras sentidas, aspiradas, exaladas ... largadas no tempo e no espaço...
    essas são as que não são ditas!!!

    ResponderExcluir
  7. Facinante este seu espaço!
    Talvez precisemos hoje de mais poesia pois muitos já tiveram suas decepções com líderes evangélicos e suas racionalidades masculinas.
    Eu, por exemplo, senti na pele nossa irracionalidade quando enfrentei dificuldades com Vistos, grana e missões.
    Parabéns pelo texto e Blog!
    Abraços fraternos,
    Roger

    ResponderExcluir
  8. Alice, concordo em tudo com o que "quem tecla nao chora", escreveu. É por ai.

    Beijao querida

    ResponderExcluir
  9. Também tenho mais facilidade em desenhar a alma escrevendo, embora ainda assim a dificuldade da tarefa seja enorme.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Mas, sem dúvida, estarão sempre escritas no coração daqueles que flanam por outras fontes...

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...