12 de agosto de 2008

MEU CANTO E MEU SOM

Se não fosse o acorde
o som das cordas que concordam em harmonia
o encanto das mãos que comandam a sinfonia
a sintonia doce que só a música cria,
se não fosse ele,
meu instrumento
meu lamento
meu louvor
e meu canto,
Se não fosse esse encanto
que só eu sei
e que só eu canto,
que no meu canto encontro
no leve acorde desse som.
Se não fosse ele,
meu violão,
meu companheiro na solidão
meu irmão de adoração
meu amigo de alegrias
meu conselheiro de lágrimas
meu canto,
meu encanto,
meu dom e meu som,
Só pra você, meu violão, eu conto
e em breve canto
cantando declaro Caetano em seu latente lamento:
"Como é bom poder tocar um instrumento..."

8 comentários:

  1. Ai que lindo eu não sei tocar nenhum, mas meu namorado é músico e adoro quando ele pega no violão.
    Violão pra mim lembra liberdade.

    Beijo*

    ResponderExcluir
  2. Olá amiga!

    Adoro musicas, a única coisa que toco:é o meu fogão.
    Mas meu filho é músico,toca violão,guitarra.
    Da pra vc imaginar como é aqui em casa!!

    uma otima tarde amiga


    beijooo.

    ResponderExcluir
  3. Oie linda Alice,

    Você é muito criativa e as palavras devem gritar para sair de dentro de você...

    Lindo!!!

    Bjs

    Janaína

    ResponderExcluir
  4. Que música linda nas cordas desse violao.

    Beijao

    ResponderExcluir
  5. Esse poema precisa de uma música, qué dizê, precisar não precisa, música ele já tem, mas que uma musiquinha ia bem nele lá isso ia.

    ResponderExcluir
  6. Também não sei tocar nenhum e isso é uma grande frustração!
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Que belo.
    Sei tocar teclado, mas parei... Preciso voltar em breve... Como é bom.

    Fik c Deus

    ResponderExcluir
  8. Oi Alice ,

    o que era doce se acabou.

    Mas uma vez terminei meu namoro, to contando tudo la no blog. e vc esta bem ??

    beijaum

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...