9 de abril de 2009

Definições Particulares

Calma,
Sentimento de natureza suave e mansa que trás tranquilidade ao corpo e a alma.

Paz,
É o encontro de dois sentimentos:
Fé e Segurança,
sendo que a paz não é dependente da definição de "ausência de conflitos", pois certamente poderemos ter paz em plena guerra.

Ira
É a reação involuntária diante de algo que nos agride, ofende ou irrita profundamente.
Pode ser controlada em segundos com total segurança, mas se não, transforma-se em violência, ofensa ou ódio.

Inveja
Não é o sentimento daquele que quer ter o que você tem, mas sim o sentimento daquele que não quer que você tenha aquilo que te faz bem.
A inveja é totalmente destrutiva e maquiavélica.
Os invejosos tem por natureza o ódio aos belos, diferentes, bons e felizes (segundo suas próprias concepções), e tem por sentimento primordial em seus corações, o rancor.


Ciúmes
Sentimento que se inicia sempre por uma tolice, mas como todo ciumento é avarento (avareza como incapacidade de dividir), e toda tolice alimentada por avareza gera possessividade, o cimento sente-se dono absoluto daquilo que julga ou imagina amar (sejam amigos, amores, carros, etc..).
O ciúmes anda sempre muito próximo a inveja, e certamente nasce em uma das piores manifestações da fraqueza humana.

Mentira
Mais do que inverdades ou palavras banais, a mentira é a coluna vertebral dos manipuladores e dos falsos.
Quem mente sabe que mente e pensa antes de mentir.
Quem mente está sempre preparado para retrucar aqueles que eventualmente possam descobrir suas mentiras com mentiras ainda mais articuladas.
Quem mente é sempre cara de pau.
Quem mente é caluniador.
Quem mente nunca é amigo.
Quem mente sempre está vendendo "o peixe que não tem", "a imagem que não é sua" , e "aquilo que não sabe fazer", ou seja, todo mentiroso é um incompetente intectual.
Quem mente manipula vidas e amarra almas.
O mentiroso nem sempre tem consiencia dos estragos que a mentira causa, pois tem a mente engessada por seus próprios interesses.
Uma das maiores características de um mentiroso é a sua excessiva preocupação com "o que os outros vão pensar de mim", ou seja, ele vive para se auto-afirmar e para superar seus sentimentos de inferioridade.
O mentiroso é um egoísta de plantão.

Humildade
Não é um sentimento e sim uma virtude.
Virtude é algo que quem tem não pode declarar que tem , mas quem vê, sabe que o outro tem.
Exemplo:
O Sr.X é muito humilde, mas ele não sai por aí dizendo:
-Olhem como sou humilde!!....
Mas nós que conhecemos o Sr.X vemos e reconhecemos nele, dizendo:
-Você viu como o Sr. X é humilde?
A humildade confunde-se com sentimento somente quando se torna uma falsa-humildade, pois o sentimento que baseia a humildade verdadeira é a misericórdia e o amor ao próximo, e isso não se declara, vive-se e transmite-se.


Amor
É o sentimento que se baseia no desejo do bem-estar e felicidade ao próximo.
Quem ama deseja o bem e faz o bem para quem ama.
De nada adianta amar e não demonstrar que ama, portanto o amor é um sentimento a ser executado de fato, e não apenas de palavras.
O amor é o sentimento que limpa e aperfeiçoa todos os outros.
Atráves do amor conseguimos perdoar as ofensas e superar as dores, curar as mágoas e limpar
as feridas que nos causam.
Através do amor podemos ser transformados de mortais a eternos.
É o sentimento que nos leva mais perto do divino e do sobrenatural.
O amor, sempre que enfraquecido deverá ser amparado e fortalecido pela misericórdia e paciência, senão, se transformará em ódio.
Podemos amar de perto ou de longe, ou seja:
De perto aqueles a quem conseguimos nos achegar e conviver, e de longe, aqueles que sabemos que se estiverem por perto iremos fatalmente deixar de amar (os que nos perseguem, caluniam, amaldiçoam etc.).
Melhor é afastar-se e amar de longe do que aproximar-se e odiar.
O amor pode ser fraterno, divino e físico, e isso dispensa maiores explicações.


Paixão
É carne, atração física, desejo, tesão.
Paixão é o que nos coloca frente aos candidatos que serão por nós amados como amantes.
Apaixonar-se é uma deliciosa loucura, mas decidir-se durante uma paixão é ser inconsequente.
A paixão é cega , surda , muda, não possui olfato, tato, ou qualquer outro sentido, pois somos capazes de nos apaixonar pelos mais terríveis e nojentos "monstrinhos" dessa terra.
Apenas descobrimos se verdadeiramente amamos alguém quando a paixão acaba.
Casar-se apaixonado é uma tolice romântica que pode trazer grandes problemas ao seu futuro.


Depois vem mais, ok ?!..rrsrsss


9 comentários:

  1. QUERIDA AMIGA, DEFINIÇÕES CERTÍSSIMAS A RESPEITO DE CADA SENTIMENTO.

    PASSANDO AQUI P/ TE DESEJAR UMA FELIZ PÁSCOA !

    BJS

    ResponderExcluir
  2. QUERIDA ALICE, DOCE AMIGA VOTOS DE UMA FELIZ PÁSCOA, PARA TI E TODA A TUA FAMÍLIA... ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
    FERNANDINHA

    ResponderExcluir
  3. tem que vir mais, é preciso...

    Alice,
    me vejo tão bem no seu país...

    uma feliz páscoa pra você
    felicidades sempre
    milhões de beijos luz

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Estou aproveitando este espaço para divulgar o blog "Salvos Pelo Amor!"

    Não deixem de conferir!

    http://salvospeloamor.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Mesmo com um problema no meu computador estou passando para de desejar uma linda semana com muito amor e carinho
    Um grande abraço
    Eduardo Poisl

    ResponderExcluir
  6. Alice, minha querida!

    Que palavras mais sábias!

    Não sei qual das definições foi a melhor, pois todas foram muito verdadeiras!

    Ah, se as pessoas soubessem amar de verdade, minha amiga...

    Este mundão de Deus seria um lugar melhor de se viver, e a gente seria mais feliz!

    beijos de Páscoa atrasados, linda! Espero que meu amigo Tatá esteja bem!

    Com carinho fraternal,

    Neli

    ResponderExcluir
  7. OLA GOSTEI DE SEU BLOG PARABENS QUANDO DER VISITE O MEU WWW.PALAVRASARTEBLABLABLA.BLOGSPOT.COM

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...