13 de janeiro de 2010

ELI, ELI, LEMA SABACTAMI


Se a Igreja (denominação) insiste em dizer que ainda vive (mesmo agindo tão insanamente como age), porque então os crentes (seus mais eufóricos defensores) tem morrido espiritualmente ou perdido sua fé?

Onde foi parar
a verdadeira Igreja do amor?....ou, será que um dia ela existiu?

...Tenho a nítida impressão
de que Cristo nunca esteve tão só como agora...nem mesmo quando do momento de sua crucificação.



ELI, ELI, LEMA SABACTAMI !!!

7 comentários:

  1. Alice

    Creio que nunca antes na história da igreja ela tenha passado por uma crise tão profunda e abrangente - ao mesmo tempo em que se arvora com suas aparências.

    Como é uma crise gradual - onde pouco a pouco as pessoas acordam - fica difícil para os líderes (de boa e de má fé) agirem ou reagirem.

    De outro lado, algo é muito claro - nunca antes também (apesar das distâncias e da vida corrida) o Corpo de Cristo esteve tão genuinamente ligado transpondo fornteiras, barreiras e origens de todos os tipos.

    O que certamente não podemos desprezar é que o Espirito Santo sopra e nos consola, e atua em indivíduos que pelo seu lado atuam no Corpo.

    E você é uma prova disso!

    ResponderExcluir
  2. E, mais uma vez? um 2010 abençoadissimo!

    Fiquem na paz.

    ResponderExcluir
  3. Há um tempo em que é preciso
    abandonar as roupas usadas,
    que já têm a forma do nosso corpo,
    e esquecer os nossos caminhos,
    que nos levam sempre aos mesmos lugares.
    É o tempo da travessia:
    e, se não ousarmos fazê-la,
    teremos ficado, para sempre,
    à margem de nós mesmos

    Fernando Pessoa

    Te desejo um lindo domingo com muito amor e carinho
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Eduardo e Volney disseram tudo. A Igreja exuste e resiste cada vez que te visito e leio coisas como estas.
    Alice, Eduardo, Volney: somos igreja!

    ResponderExcluir
  5. Olá Alice, cheguei aqui por causa do Genizah.

    Parabéns pelo blog

    Tenho pensado como vc sobre esse assunto.
    Quando puder confira http://clamandonodeserto.blogspot.com/2010/01/onde-esta-igreja-por-causa-do-outro.html

    ResponderExcluir
  6. Alice,

    Só me resta corroborar as palavras do Volney e do Rubinho: A igreja somos nós, independente do nome que se dê aos que se reunem em dois ou três em nome de Jesus! Apesar do atraso: Um feliz 2010 para você e sua família! Você anda meio sumida do meu blog.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  7. Querido semelhante me perdoe se estou sendo inconveniente. Em caso afirmativo, simplesmente delete, sem precisar justificar. Acontece que sou carteiro, recebi cartas para entregar a cada ser humano que encontrar. Se você vai ler ou não é problema seu. Porém sou obrigado a entregar. Bem, a carta a que me refiro está disponibilizada no meu blog. O aviso, no entanto, acaba de lhe ser entregue. Muito obrigado por sua atenção. João Joaquim Martins, Servo dos servos do Senhor Jesus Cristo.

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...