3 de abril de 2011

É doce...

Doce é a liberdade dos pássaros, que rasgam os céus com suas asas sem ter que explicar nada a ninguém.

Doce é a dança das flores, que se deixam levar pelo vento ao som dos raios de sol.

Doce é a vida do cão, que pode balançar seu rabo e demonstrar seu amor a qualquer um sem dar maiores explicações.

Doce é a vida que há nas águas que escorrem frias pelas encostas das montanhas geladas.

Doce é saber que há um Deus que habita em mim e que todas as coisas doces fez...


4 comentários:

  1. Olá, adorei o blog, gostei muito dos textos. Parabéns, já estou seguindo.
    Passa lá no meu também, que tal fazermos uma parceria?
    http://naomeconformomesmo.blogspot.com

    Bjs'

    ResponderExcluir
  2. doce é o cheiro da Paz
    doce são as palavras de Vida
    doce é compartilhar a vida
    doce é ver seu sorriso

    doce é o tempero de ler suas palavras

    cheias de verdades!

    abraço das conchinhas!

    ResponderExcluir
  3. Suas palavras carregam o paradoxo de serem simples e profundas ao mesmo tempo.

    Só me resta dizer:
    Doce!, ou melhor, bravo!

    João

    ResponderExcluir

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...