17 de abril de 2011

Nosso eterno amor...

Simples assim
como a brisa que toca em mim
como o "sim"
simplesmente assim será
até que o dia em que a morte virá
e só assim
somente assim
por breve tempo nosso amor findará
Simples assim,
simplesmente você em mim.

Um comentário:

Comente, mas não tente decifrar-me.
Nem sempre escrevo por mim, muitas vezes escrevo para mim também...